sábado, 23 de setembro de 2017

1977-09-00 - A LUAR NÃO ACABOU - LUAR

A LUAR NÃO ACABOU

CAMARADAS
- Publicou o D.P. em 12/9/77 uma notícia, tendo por base um comunicado da LUAR, em que afirma ter sido extinta a organização, há um ano.
NÓS, militantes revolucionários da LUAR afirmamos que a LUAR nunca foi extinta. Os militantes revolucionários da LUAR nunca mandataram ninguém para fazer afirmações, nem tomar decisões que só a eles, como organização com finalidades concretas, competem.
Apenas a evolução da situação política pós 25/NOVEMBRO nos forçou a tomar a única decisão correctas CLANDESTINIDADE!
Porquê?

1977-09-00 - TODOS A REUNIÃO DE ESTUDANTES - Movimento Estudantil

TODOS A REUNIÃO DE ESTUDANTES
3a FEIRA - 15 H ANFITEATRO

Vamos Debater:
- O início do ano escolar

Tomar formas de luta:
- Pela Colocação Imediata de Todos os professores
- Pela dispensa no 2º Ano do Curso C.
- Contra o aumento dos preços das Refeições nas Cantinas
Convocada Pela Linha Associativa "LUTA! UNIDADE! VITÓRIA!" e um grupo de 90 estudantes

1977-09-23 - O Camponês Vermelho Nº 04 - PCP(ml)

OS NOVOS PATRÕES DO ALENTEJO DESMASCARAM-SE

O recente rebentamento de uma bomba no Centro de Reforma Agrária de Beja veio dar nova amplitude ao escândalo em que estão implicados os novos patrões sociais-fascistas da Herdade dos Pinheiros, a poucos quilómetros de Ferreira do Alentejo. Essa bomba destruiu os arquivos e ficheiros do Centro relativos, nomeadamente, ao crédito agrícola de emergência. Tal facto vai, sem dúvida, prejudicar o andamento do inquérito mandado instaurar pelo Ministério da Agricultura na sequência da publicação, por um vespertino da capital, de provas das «luvas» recebidas por um dos dirigentes sociais-fascistas que se encontravam à frente da herdade ocupada. Não admira, pois, que os caciques sociais-fascistas não escondam o seu contentamento pelos resultados do atentado bombista.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

1972-09-22 - OS TRABALHOS DE HÉRCULES - Movimento Estudantil


OS TRABALHOS DE HÉRCULES

(…) Hércules viu-se obrigado pelo seu primo Euristeu, o rei de Micenas, a executar doze trabalhos, cujo cumprimento lhe assegurava, segundo o oráculo de Delfos, não só a expiação do crime cometido mas também a imortalidade.
(Enciclopédia)

1. "MEA CULPA"
Na última semana o processo desenvolvido pelos estudantes do 3º de Química em volta dos "Processos" tem dado que falar. O que e certo é que apesar das inúmeras vicissitudes surgidas, basicamente ainda estamos na mesma: o corpo docente ainda não deu o seu sim à avaliação em grupo. Já vai sendo maçador!

1972-09-22 - Binómio - I Série - Movimento Estudantil - AE IST

Binómio
SUPLEMENTO INFORMATIVO
22/9/72

Os estudantes do técnico prosseguem a sua luta pela libertação dos estudantes presos!

A VIGILÂNCIA DOS ESTUDANTES NÃO ABRANDA
Em cumprimento de decisão tomada na RGA de 19/9/72, foram afixados cartazes nos muros do Instituto, virados para o exterior, com informação sobre a prisão dos 13 estudantes do Técnico. Cerca de uma centena de estudantes participam na sua colocação.
Passados cerca de 45 minutos os Profs. Sales Luís e Gouveia Portela, respectivamente Director a sub-Director da Escola dirigiram-se a asses estudantes para lhes por um claro ultimato ou os cartazes eram retirados ou ele não poderia impedir a polícia de os vir buscar e que a Associação fosse encerrada.

1977-09-22 - Unidade Popular Nº 130 - PCP(ml)

A «firmeza» do PS no caso TAP
O governo assina um atestado da sua incompetência

O governo PS acaba de assinar mais um atestado de incompetência com o «caso TAP». Após ter decretado nova e desastrosa requisição civil, três dias bastaram para recuar em toda a linha aceitando as propostas dos pilotos. O governo reconheceu assim publicamente, mas já fora de horas, o erro da cobertura que tem dado à criminosa «gestão» do submarino Gomes Mota e aos sociais-fascistas.
Após negociações com o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC), a Comissão Directiva nomeada para a TAP para o período de requisição civil acabou por aceitar a readmissão dos comandantes Braz de Oliveira e Anselmo Ribeiro e a reco- locação de Hugo Damásio no cargo de Directo das Operações de Voo. Foram ainda reconhecidos pela referida Comissão, entre outros pontos, a necessidade de nomear novo Conselho de Gerência, tendo-se comprometido a transmitir ao governo o desejo do SPAC de que se mantenha a actual Comissão Directiva até à posse do novo Conselho de Gerência.

1977-09-22 - Luta Popular Nº 562 - PCTP/MRPP

EDITORIAL
E NAFARROS PARIU UM RATO...

I
Toda a burguesia esperava de Nafarros o milagre. E Nafarros pariu um rato. Mais do que isso. Nafarros e os dirigentes «socialistas», são a caricatura dum governo impotente, paralisado e soçobrante perante a crise insolúvel do capitalismo português. De um governo pequeno-burguês que após e a despeito de ter posto em vigor toda a sorte de medidas contra-revolucionárias que o grande capital lhe encomendou para tomar força e balanço, se prepara para ser por este despedido sem indemnização. De um governo que após ter servido de folha de parreira «socialista» aos monopólios, lhes esmola desesperadamente a sua sobrevivência, oferecendo «alianças» e «diálogos» à esquerda e à direita, e propondo-se ao PSD como criado para todo o serviço. De um governo que traiu tudo o que prometeu, e que vem a terreiro com uma política cheia de «aberturas», «plataformas» e «aliados preferenciais» no dia seguinte a reafirmar que governaria agora e sempre «sem alianças»...
Nafarros é a imagem da própria decadência, da própria crise do capital.

Arquivo