domingo, 20 de janeiro de 2019

1974-01-20 - 1º Aniversário do assassinato de Amílcar Cabral - Diversos

Para ver todo o documento clik  AQUI

1974-01-20 - Os Povos das Colónias Vencerão! Nº 08 - CLAC's VENCERÃO!

Para ver todo o documento clik  AQUI

UM ANO SOBRE O ASSASSINATO DE AMÍLCAR CABRAL

Faz um ano que um comando de mercenários enviado pelos colonialistas portugueses assassinou Amílcar Cabral. Já anteriormente, em Novembro de 1970, os colonialistas tinham tentado o crime, enviando ao largo de Conacry um barco de mercenários que bombardeou com, tiros de morteiro o quartel-general do PAIGC e a residência de Amílcar Cabral.
Ao assassinarem Amílcar Cabral pensavam os colonialistas que liquidando um chefe revolucionário conseguiriam quebrar o ânimo de um povo e fazer estancar a sua luta. Enganaram-se redondamente. Nos meses que se seguiram ao assassinato, de Fevereiro a Julho, as Forças Armadas Revolucionárias do Povo (FARP) lançaram uma grande ofensiva contra as posições fortificadas dos colonialistas, ofensiva a que deram o nome de “Operação Amílcar Cabral”. Utilizando pela primeira vez foguetões terra-ar, os patriotas guineenses abateram nesses 5 meses uma vintena de aviões portugueses e conseguiram brilhantes vitórias militares, a mais importante das quais foi o desalojamento do exército colonial-fascista do campo fortificado de Guileje na madrugada de 25 de Maio.

1974-01-20 - CONTRA OS SALÁRIOS de FOME - Comités Operários

CONTRA OS SALÁRIOS de FOME

AOS OPERÁRIOS E OPERÁRIAS DA SIPE
CAMARADAS! A tendência actual no mundo e para a revolução. Pelos 4 cantos do globo os trabalhadores e os povos avançam impetuosamente na senda da Sociedade Nova, sem exploração do homem pelo homem, atroando céus e terra nesta sua caminhada histórica. Todos os reaccionários que se opõem a esta grandiosa avalanche revolucionária estão sendo esmagados e sê-lo-ão completamente no futuro. As duas super potências, Estados Unidos e União Soviética, que planeiam divisão do mundo entre si, a exploração, opressão e esmagamento dos povos e nações, debatem-se em crises económicas e politicas que só terminarão quando forem completamente aniquilados pelos povos em armas.

1974-01-20 - AOS CAMARADAS CABO VERDEANOS QUE TRABALHAM EM PORTUGAL - MPAC-CLAC's

A Separação e Completa Independência para os Povos das Colónias é o caminho para a Conquista da Paz!

AOS CAMARADAS CABO VERDEANOS QUE TRABALHAM EM PORTUGAL

Camaradas!
Estamos hoje a 20 de Janeiro, e é precisamente neste dia que se completa um ano sobre a data em que o camarada Amílcar Cabral caiu assassinado à traição pelas balas da pide.
Hoje de norte a sul de Portugal, o povo presta a sua sincera e humilde homenagem ao grande dirigente caldo no campo da honra dos mártires da Revolução guineense-caboverdeana.
A memória de Amílcar Cabral não foi nem será jamais esquecida pelo povo de Portugal. A sua obra foi imensa e inestimável. Ela permanecerá imortal para todo o sempre.

1974-01-20 - 20 DE JANEIRO 1º ANIVERSÁRIO DO ASSASSINATO DE AMÍLCAR CABRAL - MPAC-CLAC's

A Separação e Completa Independência para os Povos das Colónias é o caminho para a Conquista da Paz!

CLAC "Bandeira Vermelha”

20 DE JANEIRO
1º ANIVERSÁRIO DO ASSASSINATO DE AMÍLCAR CABRAL

AOS ESTUDANTES DE LISBOA

Camaradas!
Amílcar Cabral foi assassinado no dia 20 de Janeiro de 1973 por esbirros da Pide, a soldo do colonialismo português e do imperialismo mundial. Trata-se dum cobarde e hediondo crime da burguesia colonial-imperialista contra o Povo da Guiné e Cabo Verde e demais povos do mundo.

1974-01-20 - VIVA O 4 DE FEVEREIRO VIVA A JUSTA LUTA DO POVO ANGOLANO! - MPAC-CLAC's



A SEPARAÇÃO E COMPLETA INDEPENDÊNCIA PARA OS POVOS DAS COLÓNIAS É O CAMINHO PARA CONQUISTAR A PAZ!

VIVA O 4 DE FEVEREIRO
VIVA A JUSTA LUTA DO POVO ANGOLANO!

AO POVO DE PORTUGAL!
Camaradas!
Aproxima-se o dia 4 de Fevereiro. Esta é uma data imortal, gravada a letras de oiro, na história da luta justa e gloriosa dos povos oprimidos das colónias!
Ela marca o início da luta armada de libertação nacional do povo heróico de Angola.
Na madrugada do dia 4 de Fevereiro de 1961, quando mal ainda raiava a aurora, o povo de Luanda lançou-se ao assalto das prisões colonial-fascistas da cidade. Nas suas mãos cintilavam as armas arrancadas anteriormente aos polícias e soldados colonialistas portugueses!

1979-01-20 - POR UM RECENSEAMENTO DEMOCRÁTICO GERAL, LIVRE IGUAL E POPULAR - PCTP/MRPP

RECENSEAMENTO ELEITORAL
até 27 Janeiro - recenseia-te

POR UM RECENSEAMENTO DEMOCRÁTICO GERAL, LIVRE IGUAL E POPULAR

PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES PCTP/MRPP

CONTRA A BURLA!
CONTRA A FARSA MONTADA PARA DEIXAR DE FORA DO RECENSEAMENTO MILHARES DE CIDADÃOS!
CONTRA OS PARTIDOS BURGUESES, SUAS PROMESSAS E TRAIÇÕES AOS LEGÍTIMOS INTERESSES DO POVO!
CONTRA A DEMAGOGIA!