sábado, 21 de julho de 2018

1978-07-21 - M-L Informação Nº 19 - Série I - PCP-ml


M-L Informação Nº 19

É URGENTE TOMAR MEDIDAS SÉRIAS CONTRA A VIDA CARA
O custo de vida tem aumentado incessantemente. O governo ainda não se mostrou à altura de enfrentar a crise, tendo admitido já uma taxa de inflação de 20 por cento para o corrente ano. Por outro lado, proibiu o aumento de salários superar a 20 por cento. Dado que os preços dos produtos vão continuar a subir, isto significa que os salários vão ser cada vez mais magros para fazer face à carestia de vida. A deterioração das condições devida das massas trabalhadoras provoca uma instabilidade social ideal para ser aproveitada pelas forças mais reaccionárias e fascistas, Kunhal e Kaúlza.
PORQUE TÊM OS «MAJORES» MEDO DE PIRES VELOSO?
Porque Pires Veloso é um militar profissionalmente competente e íntegro, defensor da independência nacional e da democracia, antifascista e anti-social-fascista. Porque Pires Veloso demonstrou ser um firme opositor ao social-imperialismo russo e a todos os seus lacaios — civis ou militares, mascarados ou desmascarados.
Porque Pires Veloso tem a amizade e o apoio do povo português, do Sul e do Norte, das ilhas e do continente. Por isso os «majores» do Conselho da Contra- Revolução impediram a promoção do coronel Pires Veloso a brigadeiro. Porque têm medo! Pelas mesmas razões Kaúlza e Kunhal não gostam de Pires Veloso.

FOI DESMASCARADO O DIABO DE SAIAS
O «Costa Gomes» da Agricultura não se podia aguentar por muito tempo: o que Saias fez serviu Cunhal; o que não fez e devia fazer também serviu Cunhal.

HEDUINO GOMES FELICITA MÁRIO SOARES
A RTP apresentou no dia 17 partes de uma conferência proferida pelo Secretário-Geral do PS. A este propósito, o Secretário-Geral do PCP(m-l) enviou a Mário Soares o telegrama: «Ouvi atentamente a sua alocução transmitida ontem pela RTP. Felicito-o pela lucidez da sua análise da situação mundial e reflexos em Portugal. Apoio no essencial o seu projecto quanto ao papel de Portugal na conjuntura internacional e a aplicação das medidas sociais que enunciou».

O SPORTING NA CHINA: UM ÊXITO TOTAL
A visita da equipa de futebol do Sporting à China, onde realizou três jogos, constituiu um êxito total. Essa foi a opinião unânime do Vice-Primeiro-Ministro chinês que acolheu a delegação, de João Rocha, Presidente do Sporting, e de Carlos Ricardo, Primeiro Secretário da Associação Democrática de Amizade Portugal-China. Previstas visitas de outras equipas portuguesas à China e a vinda de ginastas chineses ao nosso país, estes acolhidos pelo Benfica.

O BLOCO ACÁCIO BARREIRINHAS — BARREIRINHAS CUNHAL NÃO GOSTA DA CHINA
Cunhal não pode ouvir falar da China. Entra em histeria. Disse à BBC que «uma embaixada da China em Lisboa vai ser um centro de conspiração (...) contra a democracia portuguesa». Esta atoarda inédita na história, disse-a entre outras não menos estúpidas. Os chefes do chamado «PCP(R)»-UDP apressaram-se a imitá-lo: passaram a atacar ainda mais abertamente a China nos seus pasquins.

OS BARREIRINHAS TAMBÉM NÃO GOSTAM DA UNIDADE EUROPEIA
Em comunicado conjunto, cunhalistas como o velho jarreta Ruí Luís Gomes, a chalada Velho da Costa, o chinó Carlos do Carmo, o KGB Piteira Santos, e bufos da UDP como Brochado Coelho gritam contra a visita do Presidente francês a Portugal. O pretexto foi a intervenção francesa no Zaire, a pedido das autoridades desse país. Sobre a invasão russo-cubana do continente africano, inclusivamente do Zaire, o comunicado dos sociais-fascistas de vários matizes não diz nem uma palavra de condenação.

A ALBÂNIA E O LETRIA: DIZ-ME QUEM TE APOIA, DIR-TE-EI QUEM ÉS
Os apoios portugueses dos revisionistas albaneses são elucidativos: os pró-russos do chamado «PCP(R)»-UDP, O Diário da manhã e também o programa da RDP O Dito e o Feito, do obscuro Joaquim Letria, armado em «objectivo» mas claramente ao serviço dos novos czares. Para falar do corte de relações entre a China e a Albânia, o desinformador Letria só convidou indivíduos favoráveis aos revisionistas albaneses. O PCP(m-l), que se ofereceu para participar no debate, não foi convidado. O Letria sabe escolher com «objectividade»... moscovita.

A UDP PERDEU A SUA PRAÇA-FORTE NO MOVIMENTO ESTUDANTIL
A UDP perdeu as eleições para a direcção da Associação de Estudantes do Técnico, importante base de apoio do movimento estudantil. A UDP dominava esta associação desde o 25 de Abril aproveitando-se do trabalho que o PCP(m-l) aí realizara desde 1964. Mas o capital político que o PCP(m-l) lhe deixou chegou ao fim e a associação caiu nas mãos da social-democracia (JSD), que ganhou as eleições. O esquerdismo da UDP serviu apenas para abrir o caminho à social-democracia e aos revisionistas de Cunhal, que também não tinham expressão no Técnico e agora a têm.

DIRIGENTE SINDICAL DA UDP PASSA-SE PARA CUNHAL
O presidente do Sindicato da Construção Civil da Madeira, Diamantino Alturas, saiu da UDP para entrar directamente no partido-pai, de Cunhal. Não se trata de um caso isolado. Outras «deserções» se verificaram na Madeira. É assim: por um lado, a UDP, como organização de massas do partido social-fascista, vai captando massas; quando nisso tem conveniência, o partido-pai chama a si os seus controleiros na UDP. É o caso de Diamantino Alturas.

MAIS VERDADES SOBRE A CAMPANHA DOS «10 MIL»
A campanha dos «10 mil» da UDP tomou grandes proporções! Na organização das beiras, segundo revela a acta de uma reunião dos UDP's que chegou às nossas mãos, o número de aderentes é assustador! Na Covilhã um núcleo de 3 pessoas; em Castelo Branco, 5 elementos; na Guarda, 1 no Fundão, Folhadosa, Gouveia e Lavacolhos, idem e na Covilhã, 2 núcleos! A célula «Estrela Vermelha» está a desmembrar-se e só 3 ou 4 elementos se empenharam na «campanha». Enfim, não há mãos a medir! Só com campanhas de vigarice como esta é que estes lacaios de Cunhal ainda vão enganando alguns jovens. Outro exemplo. Em Eiró, um UDP devia 20 escudos a um membro do PCP(m-l). Perdendo a esperança de ver pago o velho calote, o nosso camarada, de chacota, disse ao UDP que lhe desse um cartão da UDP e os vinte paus ficavam pagos. Pois este nosso camarada passou a figurar na lista dos «10 mil»!

DIFICULDADES NA DISTRIBUIÇÃO DO M-L INFORMAÇÃO
A distribuição do último número deste boletim informativo deparou com uma dificuldade: algumas pessoas recusavam-no. Razão da recusa: diziam que não queriam nada... com a UDP. Os propagandistas do M-L Informação tiveram de explicar que a reprodução no nosso boletim de um cartaz da UDP era só para denunciar uma trafulhice feita por essa organização, que apresentava a fotografia de militantes cunhalistas como se fossem seus!

O PROGRAMA DO PCP(M-L) EM 58 PALAVRAS
— Organizar a classe operária com vistas à sua independência e autonomia.
— Defender a democracia contra o social-fascismo e o fascismo.
— Defender a independência nacional contra o social-imperialismo e o imperialismo.
— Estabelecer alianças com a burguesia democrática e patriótica para defender as liberdades e a independência.
— Promover o progresso social e a melhoria das condições de vida dos trabalhadores.

JUNTA-TE AOS MILHARES DE VERDADEIROS COMUNISTAS NO PARTIDO DA VERDADEIRA ESQUERDA - O PCP(M-L)



Sem comentários:

Enviar um comentário