segunda-feira, 23 de julho de 2018

1973-07-00 - ORGANIZEMO-NOS E LUTEMOS CONTRA O CONLUIO REFORMISTA-FASCISTA LEVANTANDO A BANDEIRA DA REVOLUÇÃO POPULAR! - Comité Popular "Fogo Revolucionário"


ORGANIZEMO-NOS E LUTEMOS CONTRA O CONLUIO REFORMISTA-FASCISTA LEVANTANDO A BANDEIRA DA REVOLUÇÃO POPULAR!

Comité Popular "FOGO REVOLUCIONÁRIO"

Estamos em ano, de eleições. Mais uma vez o governo do lacaio Marcelo Caetano, vai montar a sua farsa teatral - as eleições de deputados à assembleia "nacional" fascista.
Mais uma vez e como não podia deixar de ser a palhaçada vai meter palhaços. Para divertir (e tentar enganar) o Povo, os farsantes entram em cena com as suas já rotas máscaras - o governo do lacaio Marcelo Caetano e a sua A"N"P e os bobos da já conhecida C"D"E.

Dando as mãos e unidos como nunca, eles começaram a fazer a sua propaganda à volta deste acontecimento. O governo de Marcelo Caetano utilizando a sua imprensa, a sua televisão; os outros andando por ai a pedir votos e proclamando que esta é a única possibilidade de participação politica que se oferece ao Povo português.
Que descaramento camaradas! A canalha da C"D”E (fiel apêndice do P"C”P) utilizando a demagogia já conhecida vem pedir votos ao Povo. Pedir votos para quê e com que finalidade?
Para o compreendemos teremos de ter presente todo o passado (triste) do P"C"P-C"D"E. Um passado do sabotagens, de traições à luta da classe operária e do Povo português. Ao longo de muitos e muitos anos eles tem fingido levantar a bandeira de defensores dos interesses do Povo para melhor combater os interesses do Povo.
Nesta actividade frenética contra-revolucionária os papás do P"C"P utilizam também a filhinha mais nova, a C"D"E - bando de abutres eleitoralistas, que tentam a todo o custo e à nossa custa conquistar umas cadeiras junto aos seus amigalhaços de S. Bento.
Por aqui podemos começar a ver quais intenções que se escondem por detrás da pedinchice de votos, que estas não se podem desligar da política há longo tempo seguida por esses senhores: a política de conluio com a burguesia, na tentativa de sabotagem das lutas populares, na sua tentativa de impedir os explorados de conquistar a liberdade.
Mais do que nunca esta política surge clara aos nossos olhos. Numa altura em que se agudiza a exploração de que operários são alvo e se agudizam também as contradições entre o Povo explorado; numa altura em que o Povo português tendo à cabeça o proletariado se prepara para resolver pela via revolucionaria (única possível) essa contradição, os bandidos do P"C”P vêm-se e deseja-se para levar a bom temo a missão que lhe foi confiada pela burguesia - sabotar a revolução popular.
Eis porque se assiste a este estendal à volta das eleições. Eis porque, para agradar aos seus patrões, os eleitoralistas da C"D"E vêm mendigar votos e tentar mostrar que a solução dos problemas do Povo - a exploração, a opressão e a criminosa guerra colonial - consiste em meter uns quantos "democratas" na assembleia fascista!
E logo na assembleia fascista - essa aberração do governo burguês!
Como se o Povo não soubesse pela sua própria experiência, que o Estado (do qual a assembleia é um órgão secundário) é uma máquina de opressão utilizada pela burguesia para manter a exploração nos campos e nas fábricas.
Sim, como se nós não soubéssemos que é na fábrica, no campo e na rua que se decide a sorte do Povo português e nunca na assembleia fascista criada para legitimar e tentar dar ar "democrático" à exploração, à opressão, à guerra colonial.
Participar na assembleia é participar na "legalização" da exploração e da opressão de que o Povo é alvo. Estes são os verdadeiros intentos dos canalhas da C"D"E. E isso que faz correr estes oportunistas que tentam atrelar o Povo português às suas ambições eleitoralistas.
Mas, decididamente os oportunistas-eleitoralistas brincaram com o foge.
Ao Povo português e a nos trabalhadores cumpre o dever inalienável de desmascarar essa canalha, de lutar intransigente lente contra essa coluna que tenta por todos os meios salvar a verdadeira face da burguesia exploradora (e seus patrões imperialistas).
A essa canalha que nos vem pedir votos e dizer que esta é a única participação politica que se oferece ao Povo devemos dizer:
- Os destinos do Povo não se vendem, não se trocam, nem se alcançam com cadeiras na assembleia fascista.
- Os destinos históricos da classe operária e a sua emancipação terá de ser obra da classe operaria e nunca de meia dúzia de "democratas" profissionais, lacaios da burguesia exploradora.
- A participação política do Povo português começara (e já começou) quando ele vier para a rua e empunhando a bandeira da Revolução Popular pelo PÃO, pela PAZ, pela TERRA, pela LIBERDADE, pela DEMOCRACIA e INDEPENDÊNCIA NACIONAL; afrontar decididamente a burguesia e todos os seus lacaios (desde o grupo de Marcelo Caetano até aos bandalhos do P"C"P-C"D"E).

CAMARADAS:
A única forma possível que se abre ao Povo para sair da miséria e da opressão, é a revolução. Só assim operários e camponeses poderão derrubar a ditadura burguesa, a exploração e instaurar a ditadura popular.
Quaisquer outras vias, como as propostas eleitoralistas dos C"D"Eistas, são tentativas da burguesia para impedir a organização e a luta revolucionária do Povo português. Esses canalhas agora mais do que nunca, com o agudizar da luta, se poem nitidamente à classe da burguesia. Também a eles, a revolução esmagara sem de nem piedade.
Mas esta não se faz com proclamações.
A luta revolucionaria, as tarefas heróicas da revolução, exigem de nós sacrifício, suor e sangue, exigem uma ampla organização revolucionária. Sem tal nunca ela poderá ser levada a bom termo.
São esses organismos que por todo o lado começam a surgir e de que o comité "FOGO REVOLUCIONÁRIO” é um exemplo aqui na zona.
Chamamos todos os operários e demais trabalhadores a unirem-se fortemente em volta da bandeira vermelha da Revolução Popular e a lutar duro.

CONTRA O COLUIO REFORMISTA-FASCISTA
ABAIXO O ELEITORALISMO CONTRA A EXPLORAÇÃO CAPITALISTA
CONTRA O COLONIALISMO E O IMPERIALISMO!
VIVA A REVOLUÇÃO POPULAR
PELA PÃO, PELA PAZ, PELA TERRA, PELA LIBERDADE, PELA DEMOCRACIA E INDEPENDÊNCIA NACIONAL.

VIVAM OS COMITÉS DE BAIRRO!

Comité Popular "FOGO REVOLUCIONÁRIO"



Sem comentários:

Enviar um comentário