sábado, 2 de junho de 2018

1978-06-02 - Manifesto PELA DEFESA DO M.A. - Movimento Estudantil


Manifesto


PELA DEFESA DO M.A.
PELA DEFESA DA DEMOCRACIA

POR UMA ÚNICA LISTA DE ESQUERDA


“À actual situação na escola em que o avanço da direita é constante, o autoritarismo dos profs é constante, é fundamental que os estudantes unidos em torno do MA oponham a sua luta em defesa dos seus interesses".

Não pretendemos tomar a escrever frases que, à custa de terem sido repetidas muitas vezes se encontram esvaziadas do seu sentido para muitos estudantes. Este comunicado pretende ser o lançamento de um processo que modifique a situação do Movimento Associativo na escola. Parece-nos pois importante repensar alguns conceitos que já são encarados como verdades feitas. O Movimento Associativo é um deles. Para nós o Movimento Associativo não se limita a uma Direcção da Associação e por seu turno a Direcção da Associação não pode ser um mero grupo de estudantes que se limite a gerir melhor ou pior uma Cantina ou quaisquer outros serviços, sem qualquer relação com a realidade diária da maioria dos estudantes. O Movimento Associativo também não é apenas as estruturas associativas e as pessoas que mais ou menos nelas participam, o MA tem de ser uma realidade viva que cada estudante sinta como sua. A única maneira de atingir este objectivo é pela participação de todos e isso só é possível se todos aqueles que acreditam que essa alternativa é viável se unirem para a construir.


Coloca-se-nos numa altura em que se aproximam as eleições a exigência de compreender o seu significado e quais as repercussões que podem ter no futuro da vida do IST.

O Movimento Associativo tem uma alternativa que pelas mais variadas razões ainda está por construir. A direita está empenhada em destruí-la para que tal alternativa não passe de um projecto abortado. É por isso que ela encara estas eleições como uma questão muito importante. Aproxima-se o ano em que devida à tentativa de aplicação da reforma do MEC para o ensino e das reestruturações, muitas coisas vão estar em jogo! É por isso que afirmar que ter uma direcção anti-fascista ou de direita tanto nos faz, é errado. Às potencialidades do MA vão ser exigidos grandes esforços, a sua Direcção, para que seja consequente, só tem uma alternativa: Estar nas mãos dos anti-fascistas. É por isco que a unidade de toda a esquerda tem de ser feita. O processo, já que existem muitas dificuldades, que alguns não querem ultrapassar, tem de ser cimentado no seio dos estudantes, e aí terá de ser avaliado pela sua prática diária quais são os nossos dirigentes associativos, e aí será construída a alternativa. Que todos os estudantes anti-fascistas sintam essa realidade e pensem bem qual o significado destas eleições para o reerguer do MA.

Lançamos desde já aqueles que achamos serem os pontos mínimos do programa que deve guiar uma lista para a Direcção da AEIST:


-  LUTA ANTI FASCISTA

Quais as formas com que o fascismo aparece na escola.

Porque aparece nesta altura?

Como o combater? Quem está interessado na luta anti-fascista? Quais as formas a utilizar para o seu desmascaramento?


- POR NOVAS PRÁTICAS E MÉTODOS PEDAGÓGICOS, CONTRA A REFORMA DO MEC E A REESTRUTURAÇÃO TECNOCRÁTICA!

Que analise se faz da situação pedagógica no Técnico?

Qual o projecto do MEC? Que tipo de técnicos pretendem?

Qual o papel dos departamentos reaccionários nesta situação?

Qual o papel dos profs na modificação da situação no ensino?

Que modificações exigimos para o Técnico?

Situação na avaliação de conhecimentos. Qual o seu papel no processo de estudo? Que medidas a tomar?

Como controlar a avaliação de conhecimentos?


-  POR UMA ALTERNATIVA AO DIA-A-DIA DOS ESTUDANTES

A situação criada na escola implica um dia-a-dia a todos os estudantes pouco correcto, não permitindo resposta a muitos dos problemas por eles sentidos.

As Comissões de Curso não se devem limitar com o problema da avaliação. Existem novos campos de actuação, em conjunto com as Secções, viagens de estudo, cursos de especialização.

As Secções devem diversificar a sua actividade, abranger novos campos de interesse dos estudantes. Que novas ideias surjam!


Somos um grupo de estudantes que sempre esteve empenhado no reerguer do MA. Alguns de nós fizeram parte da Direcção cujo mandato termina agora e enquanto tal assumimos a responsabilidade e aceitamos as críticas à nossa actuação passada. No entanto consideramos que temos uma alternativa para propor aos estudantes e como tal pô-la à discussão.


Um Grupo de Estudantes



Sem comentários:

Enviar um comentário