segunda-feira, 28 de maio de 2018

1978-05-28 - VIVA A COMISSÃO ESTUDANTIL DE LUTA PELA INDEPENDÊNCIA NACIONAL! - FEML


CUMPRIR VITORIOSAMENTE A 2ª FASE DA CAMPANHA PELA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

VIVA A INDEPENDÊNCIA NACIONAL!

BOLETIM Nº 6 28 de Maio de 1978


VIVA A COMISSÃO ESTUDANTIL DE LUTA PELA INDEPENDÊNCIA NACIONAL!

Após a 1ª fase da Campanha pela Indecência Nacional desencadeada pelo nosso Partido, entramos numa fase onde há questões de organização em geral, e das massas, em particular, vão ter uma importância enorme para a vitoriosa prossecução da mesma.
O Plano para esta fase da campanha (para o qual desde já solicitamos um profundo e aturado estudo, para sabermos com bastante clareza as tarefas a fazer) dedica uma especial e particular atenção aquela questão, determinando a criação de uma Comissão Estudantil de Luta pela Independência Nacional, formada legalmente na base da Frente única, abrangendo a totalidade das escolas da Região de Lisboa, integrando exclusivamente dirigentes das massas, membros dos seus órgãos de direcção.

O objectivo para a Comissão é de 70 pessoas. Neste momento estão contactadas e garantidas 30. Trata-se de até 2ª feira, impreterivelmente, garantir as restantes.

Na 3ª feira realizar-se-á a 1ª Reunião da Comissão Estudantil na Cooperativa Karl Marx, pelas 21 horas para definir o seu Plano de Actividade.

Que os camaradas destacados tratem de todos os assuntos (aulas, família, etc.) para estarem presentes, caso contrário, caso contrário para além da reunião e da Comissão, ficará gravemente comprometida a táctica para esta fase da Campanha!


JORNADA DE FUNDOS NA 2ª F

OBJECTIVOS

C.SU. Clássica - 2300$

C.S.U. Técnica - 2150$

C.S.I.N.U - 550$

C.L.C. Cidade - 1550$

Ç.L.Z. Oriental - 1750$

C.L.Z. Ocidental – 500$

C.U.L. Sintra - 400$

C.L.V. Franca - 400$

C.L.T. Vedras - 250$

Dep.p. Vermelhos - 200$

Secretariado - 350$

Cooperativa - 300$

C.S. Saúde - 1750$

Dep. Candidatos - 300$

TOTAL - 12.750$


LOCAIS                                                      SECTORES           Nº BRIG.
SALDANHA (metro)                                   Pioneiros                 1

                                                                         Secretariado              1

SALDANHA (rua e cafés)                            Secret.                    2

METRO (carruagens)                                   U. Téc.                    1

M. Pombal                                                    Saúde                      2

ROSSIO (metro)                                    U. Téc.; Candid.            2

COMBOIOS (Rossio)                            C. Cid.; Coop.               1

RESTAURADORES (metro)                  FCL; ISNU                  1

P. Comercio                                            Z. Ocidental                  1

ALVALADE (metro)                              Z. Oriental                    1

ALVALADE (porta-a-porta)                  Z. Oriental                     1

ENTRE CAMPOS (metro)                    Z. Oriental                     1

ENTRE CAMPOS (camionetas)           U. Clássica

CAFÉS DA BAIXA                              C. Cid. U.T.                    2

P. ESPANHA                                     C. Cidade; Z. Ocid.            1


CONTRA O FMI!

GOVERNO POPULAR!


A comissão de campanha, decidiu lançar uma jornada especial de fundos na próxima 2ª feira, com vista a completar o objectivo da Org. Reg. de Lisboa para os comunicados do Comité Central.

Nesse sentido são definidos os objectivos de sector, aqui expostos, bem como o plano de brigadas de fundos, que se devam realizar à hora de maior afluência dos trabalhadores. Os camaradas secretários de células e secretários de sector devem dar uma grande atenção a esta jornada de modo a que ela se revele numa vitória para esta segunda fase da campanha, nomeadamente programando as brigadas de fundos na rua, bem como a recolha entre as massas das escolas. Não devem no entanto esperar por 2ª feira para fazer os todos os fundos, mas porem-se já a caminho, nomeadamente aproveitando este fim de semana, para a recolha de porta-a-porta nos bairros próximos das escolas.

A entrega dos fundos é feita exclusivamente e pessoal mente aos membros da comissão.

PREPAREMOS ENTUSIÁSTICA E MINUCIOSAMENTE A JORNADA DE FUNDOS!


O LUTA POPULAR E A CAMPANHA

Saber se Organização Regional vai repetir ou não, os erros de campanhas anteriores, em que o Luta Popular é desprezado, é uma questão que ainda está por decidir e esclarecer.

De facto, se na campanha de venda do número especial houve um esforço notório de conjunto, posteriormente verificou-se que isso não passou de fogo-de-vista da parte de quadros dirigentes, que ainda não entregaram o dinheiro todo e permitem que haja escolas que ainda não tenham levantado este número do jornal.

No sentido de pôr cobro a esta situação e assegurar uma boa venda deste número, a Comissão de Campanha determina o seguinte:

1 - Entrega total do dinheiro do LP Especial, Hoje.

2 - Levantamento imediato dos jornais que ainda não o foram.

3 - Contactar todas as pessoas que compraram o número anterior, para lhes vender este número.

Uma última questão a saber ligar a venda do jornal às recolhas de fundos, no sentido de se observar o pagamento integral do Luta Popular, no sentido de se observar, o pagamento integral deste numero até às 24 de 2ª feira.


ACERCA DAS SESSÕES DE ESCLA­RECIMENTO

Realizar amplas sessões de esclarecimento e de denúncia do acordo com o FMI e qual a forma como devemos combater contra ele insere-se no trabalho de esclarecer as massas e mobilizá-las para a luta.

No sentido de dar um novo impulso ao nosso trabalho neste campo, a Comissão decidiu marcar as seguintes sessões: EI Marquês de Pombal, EI Machado de Castro, EC Veiga Beirão (noite), EI Afonso Domingues, ISCTE, ES V.F. Xira (noite)...

Desde já a Comissão apela a que as células não estejam à espera que seja à Comissão a marcar as sessões por elas mas sim que tomem a iniciativa e ousem realizar pequenas, médias e grandes sessões de esclarecimento.





Sem comentários:

Enviar um comentário