quinta-feira, 12 de abril de 2018

1978-04-12 - Contra a política do mec UNIDADE e LUTA dos PROFESSORES - UDP

Contra a política do mec
UNIDADE e LUTA dos PROFESSORES

COLEGAS, SE ATENTARMOS NO QUE SE TEM VINDO A PASSAR DESDE A GREVE DE 10 DE MARÇO, VERIFICAMOS QUE O SR. CARDIA EM VEZ DE REPRIMIR O SEU INSTINTO AUTOCRÁTICO, AINDA O TEM REFORÇADO: entre outras manobras e arbitrariedades, anunciou, ridiculamente, uma falsa percentagem de aderência à greve; abandonou as reuniões (contactos) de negociação com os Sindicatos; publicou novas leis de fases e dos cônjuges e pôs em marcha acelerada e traiçoeira os diferentes concursos de colocações, sem a necessária o, aliás, constitucional consulta e discussão com os Sindicatos, atitude esta agravada pelo facto de aqueles pontos fazerem parte do nosso Caderno Reivindicativo a negociar com o MEC.

MAS SERIA ESTA SITUAÇÃO DE PREVER, DEPOIS DA JORNADA DE LUTA DE 10 DE MARÇO, QUE MOBILIZOU A GRANDE MAIORIA DA CLASSE? ENTÃO A QUE E DEVIDA? COLEGAS, ELA SÓ PODE SER EXPLICADA PELA PASSIVIDADE EM QUE SE CAIU DEPOIS DA GREVE, PELAS HESITAÇÕES DAS DIRECÇÕES SINDICAIS E PELA FALTA DE INTERVENÇÃO DOS PROFESSORES NAS SUAS ESCOLAS.
ISTO MOSTRA-NOS QUE SE TORNA CADA DIA MAIS URGENTE A NOSSA ACÇÃO UNIDA CONTRA A POLÍTICA REACCIONÁRIA E DEMAGÓGICA DO MEC, E NO SENTIDO DE, QUANDO NECESSÁRIO, DINAMIZARMOS E EXIGIRMOS DOS PRÓPRIOS DELEGADOS SINDICAIS E ESTRUTURAS DIRIGENTES DO SINDICATO QUE ALERTEM TODOS OS PROFESSORES PARA QUE SE MANTENHAM MOBILIZADOS, POIS SÓ COM O ESFORÇO DE CADA UM ESTARMOS ATENTOS E PRONTOS A PROSSEGUIR A LUTA EM DEFESA DOS NOSSOS DIREITOS.
OS PROFESSORES DA UDP AFIRMAM QUE CONTINUARÁ A SER ESTA A SUA DISPOSIÇÃO! A UDP está disposta a combater a política anti-popular anti-nacional do actual governo CDS/PS, esforçando-se por contribuir decididamente para a unidade dos trabalhadores em torno das suas justas lutas. POR ISSO, NO NOSSO SECTOR, TEM VINDO A REFORÇAR A SUA INTERVENÇÃO E TEM PROMOVIDO REUNIÕES ABERTAS AOS PROFESSORES ANTI-FASCISTAS E REVOLUCIONÁRIOS, QUE NELAS TEM PARTICIPADO, DISPOSTOS A LUTAREM CONTRA ESTA GRAVE SITUAÇÃO DE FORMA ORGANIZADA E CONSEQUENTE. Estas reuniões tem sido frutuosas o levaram já ao mínimo de organização indispensável à realização de acções conjuntas nas Escolas, pelo que se considera justo prosseguir e intensificar esta actividade unitária e de chamamento à luta dos professores que se opõem ao ataque às conquistas de Abril e querem defender a democracia e independência nacional.
NESTA MEDIDA, O NÚCLEO DE PROFESSORES DA UDP, CONSCIENTE DE QUE AS MEDIDAS REACCIONÁRIAS DO CARDIA E A POLÍTICA DE DIREITA DO ACTUAL GOVERNO SÓ PARARÃO Se LHE SOUBERMOS OPOR A NOSSA FIRME UNIDADE E LUTA, CONVIDA TODOS OS PROFESSORES QUE A ISSO ESTÃO DISPOSTOS PARA UMA REUNIÃO, A REALIZAR EM 12 ABR. 78 (Quarta), ÀS 16H30, NA R. da BANDEIRA - 175, PARA ANÁLISE DA SITUAÇÃO POLÍTICA E SINDICAL E PARA APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DE PROPOSTAS DE TRABALHO NAS ESCOLAS, ESTANDO PRESENTE UM ELEMENTO DO SECRETARIADO DA C. DIST. QUE PRESTARÁ ESCLARECIMENTOS SOBRE A CAMPANHA DE ADERÊNCIAS PARA REFORÇO DA UNIDADE POPULAR.


Sem comentários:

Enviar um comentário