segunda-feira, 17 de julho de 2017

1977-07-17 - Contra as Reprovações Massivas e o Silêncio Cúmplice das D.AEs Traidoras! - Movimento Estudantil

Contra as Reprovações Massivas e o Silêncio Cúmplice das D.AEs Traidoras!
Organizemo-nos por Escola!

Começaram a sair ao fim de 15 dias as pautas de exames em todas as escolas de Lisboa, acompanhadas de um sentimento de revolta que elas próprias provocam.
Os dados e os factos são a melhor prova do que afirmamos.
Tomemos o exemplo do Liceu D. Dinis, onde em Matemática do 7º ano houve 84% de reprovações, 6% de admissões à oral e 11% de dispensas; o Liceu Padre António Vieira, onde na secção de Letras, em que estavam inscritos 252 estudantes, chumbaram 195 (77%), dispensaram 3 (l%), e onde em Inglês do Curso Geral (externo) dos 127 estudantes inscritos, 98 reprovaram (77%) e 13 dispensaram (10%), ou ainda em História do Curso Geral (externo) do mesmo Liceu em que dos 198 inscritos, 94 chumbaram e dispensaram 14 (12%).

Estes dados são elucidativos de uma situação mais geral que se vive em todas as escolas do país e tem o objectivo claro de seleccionar conforme as necessidades do MEIC e do Governo PS. Aqueles estudantes que porventura tenham ilusões de que ao passarem o ano podem entrar na Universidade devem-nas perder rapidamente, porque o MEIC, no mesmo tempo, criou os aparelhos legais para os impedir de continuar os seus estudos; referimo-nos ao ano propedêutico e ao "numerus clausus" na Universidade.
O MEIC centrou os seus chumbos nalgumas disciplinas obrigatórias e fundamentais, como Matemática e Português do 7º ano e na Secção de Letras do 5º ano onde se provou que a chamada "lei das compensações" não passa de uma promessa demagógica e bacoca, sem nada de verdade, pelas reprovações massivas verificadas nessas disciplinas.
Evidentemente que não nos podemos admirar com o actual silêncio dos aplicadores das medidas do MEIC, quer sejam as D.AEs que as apoiam expressamente, quer sejam, muito particularmente, a UE"C" e a U"DP"/P"C"P(R): não foram estes que nos disseram que os estudantes tinham alcançado uma grande vitória com a saída da "lei das compensações", não foram eles que nos disseram que não valia a pena lutar, porque o Cardia afirmava que havia perguntas de opção? Ingenuidade de social-fascistas...
É contra este silêncio que nos levantamos firmemente.
As DAEs que agora se silenciam passam-se por amigas dos estudantes, mas é na prática que vemos quem são os nossos amigos e os nossos inimigos, e eles, na realidade, não passam de instrumentos da política de Cardia e são mesmo os principais responsáveis da sua aplicação e das suas consequências: o desemprego forçado para onde nos atiram, a incerteza do nosso futuro, a liquidação dos nossos sonhos e anseios.
Contra eles, e contra essa política, devemos em amplas reuniões de escola eleger Comissões de Luta, que defendam e apliquem as propostas justas de luta contra as reprovações massivas.
Proposta que as DAEs e Comissões de Luta abaixo-assinadas formulam nos seguintes termos:
1º - Realização de uma segunda época plena, em Setembro, com exames elaborados por escola a que se possam candidatar todos os estudantes, independentemente do número de cadeiras que lhes faltam para acabar os seus cursos.
2º - Participação das estruturas representativas dos estudantes (Direcções das Associações de Estudantes, Comissões de Luta, Comissões de Delegados da Turma) nos júris de avaliação nas provas de exame.
3º - Participação dessas estruturas e dos estudantes nas revisões de provas de todos aqueles que as requeiram.

CONTRA OS EXAMES NACIONAIS!
PELA SEGUNDA ÉPOCA PLENA COM EXAMES POR ESCOLA!
PELA REALIZAÇÃO DE AMPLAS REUNIÕES DE ESTUDANTES!
CONTRA A SELECÇÃO BURGUESA!
PARTICIPAÇÃO DAS ESTRUTURAS REPRESENTATIVAS DOS ESTUDANTES NOS JÚRIS DE EXAME!
CONTRA A REFORMA DO ENSINO E AS MEDIDAS ANTI-POPULARES DO GOVERNO! CONTRA A TRAIÇÃO DAS AES SOCIAL-FASCISTAS! ELEIÇÕES DE COMISSÕES DE LUTA!

Lisboa, 17 de Julho de 1977
DAE E.I. Afonso Domingos
DAE E.C. Luísa de Gusmão (noite)
Comissão de Luta da E.C. Veiga Beirão
Comissão de Luta da E. Sec. da Portela

DAE Liceu Torces Vedras

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo