domingo, 9 de julho de 2017

1977-07-09 - A BURGUESIA PREPARA-SE PARA LIBERTAR OS ASSASSINOS OS ALEXANDRINO DE SOUSA - PCTP/MRPP

A BURGUESIA PREPARA-SE PARA LIBERTAR OS ASSASSINOS OS ALEXANDRINO DE SOUSA
O POVO PREPARA-SE PARA LHES APLICAR A SENTENÇA DEVIDA!

Vai a cena no tribunal da Boa-Hora, na 2a feira, dia 11 às 9H 30 a ultima cena do julgamento-farsa dos assassinos do camarada ALEXANDRINO DE SOUSA, militante da FEDERAÇÃO DOS ESTUDANTES MARXISTAS-LENINISTAS (FEM-L), organização do PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES para a juventude comunista estudantil.

O camarada ALEXANDRINO DE SOUSA foi assassinado por afogamento a 9 de Outubro por um bando de cerca de 60 energúmenos do grupelho social-fascista P"C"P(R)/U"DP" dos quais fazem parte os quatro assassinos que agora estão a ser "julgados" no tribunal da burguesia, o mesmo que liberta os pides, os bombistas fascistas e social-fascistas e que se prepara para actuar de igual modo em relação aos assassinos de um dos melhores filhos do Povo, o camarada ALEXANDRINO DE SOUSA.
Anteriormente já o tribunal ilibou de qualquer responsabilidade no assassinato, um outro escroque do P"C"P(R)/U"DP", Gomes Marques que conjunta mente com os social-fascistas Luís Filipe Caleira Pereira, Manuel Leonar do Jesus Condeço, Valdemar António Moreira Madeira e Rui Manuel Almeida Paisano que estão agora a ser "julgados" e com vários outros que nunca o serão, pela burguesia, espancaram os camaradas que constituíam a brigada do nosso Partido, tendo-os posteriormente lançado ao Tejo, no cais das colunas e impedindo que esses camaradas pudessem sair da água, consumando assim o vil e cobarde assassinato do camarada ALEXANDRINO DE SOUSA com requintes de sadismo.
É porque o bando assassino do P"C"P(R)/U"DP" e um partido da burguesia e porque os tribunais são os tribunais dessa mesma classe e porque o nosso Partido sempre defendeu os interesses dos explorados e oprimidos, tendo a vida demonstrado claramente a quem quer ver, de que lado está a escumalha P"C"P(R)/U"DP” e de que lado estão os comunistas, e por isso que não temos ilusões nos tribunais burgueses mas sim confiança no Povo, na classe operária e no marxismo-leninismo e que sabemos que os tribunais burgueses libertarão os assassinos, mas o Povo não os poupará!
As sessões anteriores do "julgamento" dos quatro assassinos foram esclarecedoras quanto às intenções do tribunal, os factos constantes do despacho de pronuncia, dos depoimentos das testemunhas e declarantes são mais do que suficientes para incriminar e julgar os assassinos com base nas acusações de homicídio voluntário consumado na pessoa do camarada ALEXANDRINO DE SOUSA e homicídio frustrado aos restantes camaradas da brigada No entanto, tudo isso foi recusado pelo tribunal no decorrer das audiências, estando o processo do assassinato a aguardar "melhor prova".
E esta a justiça da burguesia para os seus confrades. O Povo de Lisboa deve mobilizar-se e estar presente na 2a feira próxima no tribunal da Boa-Hora de modo a transformar a farsa do julgamento no julgamento da farsa. A classe operária não verga, o nosso Partido jamais o fará, assim como jamais esquecerá o seu militante tal como o Povo, o seu filho, o camarada ALEXANDRINO DE SOUSA! A sentença justa será aplicada!
MORTE AOS ASSASSINOS DO CAMARADA ALEXANDRINO DE SOUSA!
MORTE AO FASCISMO E AO SOCIAL-FASCISMO!
O POVO VINGARÁ: O CAMARADA ALEXANDRINO DE SOUSA!

Lisboa, 9 de Julho de 1977
O COMITÉ DO CONCELHO DE LISBOA DO PCTP/MRPP

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo