segunda-feira, 31 de julho de 2017

1972-07-31 - Semana Portuguesa Nº 37

EDITORIAL
“UNIDADE COM QUEM?”

Com o senhor Álvaro Cunhal e seu partido, com suas divisões e subdivisões.
Com o senhor Mário Soares e seus socialistas e com todos os outros socialistas.
Com os democratas cristãos, com os republicanos de todos os matizes.
Com os maçons de todos os ritos e de todos os Oriente e Ocidentes.
Com a Igreja Católica Apostólica Romana e com todas as outras igrejas e seitas.
Com todas as ideologias políticas e fés religiosas.
Com todas as nações, desde que todos tenham um único objectivo; dar seu apoio unicamente em benefício da soberania do POVO PORTUGUÊS, pondo acima de suas convicções ideológicas e suas implicâncias, pondo acima de suas crenças e fés religiosas, os legítimos interesses do POVO PORTUGUÊS.

Há muitos anos que não acreditamos na honestidade de muitos que dizem estarem com o POVO PORTUGUÊS e estarem lutando por ele.
Temos evitado esta declaração, porque julgávamos ser este silêncio a melhor maneira de servir ao Povo.
Hoje, especialmente depois que foi dito, “Unidade com quem”, resolvemos dizer que não é a unidade que nos conduza ao comunismo, ao socialismo, à democracia social cristã, à Maçonaria, a igreja católica ou outra qualquer igreja, mas a unidade que nos conduza ao POVO PORTUGUÊS.
Só depois de estarmos com o Povo. Só depois de lhe darmos as condições para que saiba escolher entre todas as ideologias políticas e crenças religiosas que lhe forem propostas, é que podemos saber quais são suas preferências e o que realmente lhe convém.
Pretender uma unidade que imponha ao Povo uma directriz determinada, nada é mais do que acontece hoje. É falar em nome do Povo, sem nenhuma credencial.
É mais uma variante de escravização do Povo.
Não estamos nem nunca poderão contar connosco para este tipo de unidade.

Estamos com o POVO PORTUGUÊS e nos submeter à sua escolha, desde que seja feita em liberdade e de sua livre espontânea vontade, mesmo que não seja a nossa fórmula a escolhida pelo Povo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo