segunda-feira, 5 de junho de 2017

1977-06-05 - BOLETIM nº 7 DO MOVIMENTO DE ADESÃO AO PCTP - FEML

BOLETIM nº 7 DO MOVIMENTO DE ADESÃO AO PCTP
na Organização Regional da Lisboa da FEM-L
Semana 28/5 A 5/6

ANDAR MAIS, MELHOR E MAIS DEPRESSA!
      Já atingiram os 50%
C. L. Centro Cidade

     A CAMPANHA ALARGA-SE A NOVAS ESCOLAS:
      Luísa de Gusmão
Josefa de Óbidos

A CÉLULA DE DIREITO ESTÁ CONTRA O MOVIMENTO DE MASSAS DE ADESÃO AO PCTP!
Já por várias vezes a posição da célula de Direito foi denunciada nos Boletins. No entanto, como nada se modificou, torna-se necessário voltar a faze-lo.

Com um objectivo elevado de 250 adesões que para ser atingido exigia uma grande firmeza da direcção, uma luta ideológica constante e uma profunda ligação às massas, chegamos hoje a 5 Junho com apenas 2.
A direcção não se faz sentir, o plano não existe, os simpatizantes estão ao abandono, o espírito de partido é fraco e a luta ideológica, que não se trava, obriga a secretária a tentar o abaixamento do objectivo para esconder o trabalho que não se fez.
A capitulação da direcção conduz à liquidação da campanha, e a linha que se opõe ao desenvolvimento do trabalho político com os simpatizantes ganha o domínio da célula sem que alguém o impeça.
A esquerda tem que se demarcar da direita e isolá-la. É preciso que se saiba quem na célula de direito quer edificar o Partido e quem o quer liquidar. As 250 adesões devem ser atingidas e podem ser atingidas se a esquerda tomar a direcção da campanha
LUTAR PELO CUMPRIMENTO INTEGRAL DOS OBJECTIVOS

Intensificar as adesões!
Lutar pelo cumprimento integral dos objectivos!
Andar Mais, Melhor e Mais Depressa!

O RITMO DA CAMPANHA NÃO DEVE ABRANDAR, MAS ANTES INTENSIFICAR-SE!
Qualquer camarada pode notar que, nas 2 últimas semanas, o ritmo da campanha tem vindo a diminuir da média semanal de 35 adesões, baixámos para 26 na semana de 21 a 29 Maio, e agora na 1ª semana de Junho apenas há 18 adesões.
Não podemos ficar a dormir à sombra dos 50% atingidos por alguns sectores, porque na realidade, estamos com apenas 15.7% do objectivo final de 1.200 adesões.
O fim próximo do ano lectivo exige que a campanha se intensifique e que as nossas células sigam fielmente a palavra d’ordem: ANDAR MAIS, MELHOR E MAIS DEPRESSA!

ALERTA
AOS CAMARADAS DO E. SECUNDÁRIO
Camaradas, as aulas ao ensino secundário terminam no já próximo dia 18.
Nestes 12 dias que nos restam, devem todas as células dar todo o seu esforço à campanha de adesão.
O fim do ano lectivo não é o fim da luta; pelo contrário, é sobretudo nestes 12 dias que temos de denunciar a traição dos dirigentes vendidos à luta dos estudantes contra os exames nacionais, fazendo-os destituir e elegendo comissões de luta.
É exactamente no fogo desta luta que temos de multiplicar, os aderentes e organizá-los para a luta.
Fazer em 12 dias o que não se fez, até agora é o que nos exige a actual situação. E necessário que uma aguda luta ideológica se trave, para que a campanha seja uma vitória.
EM FRENTE PELAS 1.200 ADESÕES!

Quem fez adesões desta semana
HSM - 5
I.S.E - 3
M. Castro - 3
L. Gusmão - 2
J. Óbidos - 1
P. Manuel - l
P. Nunes - 1
D. J. Castro - 1
A. Domingues - 1
TOTAL 18

TOTAL DE ADESÕES: 189


Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo