sábado, 17 de junho de 2017

1977-06-00 - TODOS À RGA - ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DO L.N.C.B.

ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DO L.N.C.B.

TODOS À RGA – HOJE – 16,40h – GINÁSIO

CONTRA O DECRETO DE GESTÃO
CONTRA A SELECÇÃO
CONTRA A ESCOLA/CAMPO DE CONCENTRAÇÃO!

A Direcção da Associação de Estudantes do Liceu Nacional de Castelo Branco vem através deste comunicado apelar a todos os colegas à comparência massiva na Reunião Geral de Alunos de hoje, 4ª Feira às 16,40h no Ginásio.
Vem esta reunião Geral de Alunos a propósito dos últimos, decretos do MEIC, que numa verdadeira fúria não tem parado de tomar medidas contra os estudantes. Se o MEIC fosse tão rápido a resolver, os verdadeiros problemas dos estudantes, a estas horas as escolas seriam um paraíso... Mas vamos aos tais decretos: O primeiro, já conhecido da maioria dos alunos, refere-se à gestão e à forma de acabar com a democracia nas escolas do ensino secundário. Outro dos decretos, este, ainda insuficientemente discutido, refere-se à "última moda" em matéria de exames e selecção;  institui a média de 14 para dispensa no 7º ano (o que vai limitar o número de candidatos à universidade), média essa tirada a partir das notas dos 3 períodos do último ano. Além disso esse decreto institui que os exames de Português e Matemática do 3º Geral e todos os exames do 2º Complementar serão elaborados a nível nacional pelo MEIC e enviados para todas as Escolas. Quer isto dizer que quem não teve aulas por falta de professor é obrigado a fazer exames a matérias que nunca viu à sua frente e que lhe dão (mais) uma excelente hipótese de chumbar...

Como os colegas têm oportunidade de observar este ministério sem sequer consegue ser original pois que estas medidas já passaram todas pela caneta do Sr Veiga Simão. Isto sobretudo quanto ao 3º decreto, do qual ainda não falámos; o decreto já vulgarmente chamado de "decreto dos campos de concentração" e que poen em vigor o velho sistema do contínuo à porta, cartões na mão e nada de sair nos intervalos ou durante os furos. Este decreto prevê ainda que os Liceus que não tenham gradeamentos à altura os requisitem imediatamente à Direcção Geral do Ensino Permanente. Como se vê esta gente não tem dinheiro para arranjar cadeiras e mesas para as salas de estar, nem para equipar os velhos laboratórios deste Liceu, mas já tem dinheiro à farta para arranjar arame farpado para os campos de concentração. Este "socialismo à portuguesa" é deveras original...
Ainda que no nosso Liceu este último decreto não tenha sido posto em prática, aconselhamos os colegas a irem à Escola Industrial de Castelo Branco ver o "lindo espectáculo" de um contínuo à entrada vigiando furiosamente as entradas e impedindo as pessoas que ele ainda não conhece. Se no nosso Liceu ainda não ousaram por tal decreto em prática é porque esperam por uma oportunidade melhor para o fazerem, já que dentro do Liceu não há as mínimas condições para os alunos poderem estudar numa hora livre que seja. Os estudantes do Liceu de Castelo Branco devem pois repudiar imediatamente tal decreto, como um grave atentado à liberdade, que ele constitui.
A resposta a dar a esta caterfa de decretos é obviamente a de os mandar para o sítio de onde eles vieram; o caixote do lixo! E uma grande luta aquilo que nos espera, mas nos devemos travar essa luta que é fundamentalmente pela Liberdade e pela Democracia. É de salientar que estas medidas têm um objectivo preciso: o de criar condições para que um cada vez menor número de estudantes tenha hipótese de entrar na Universidade. Este ano, por exemplo a maioria das Universidades já só entraram estudantes (e não todos) com médias superiores a 14 valores. Aquilo que estas medidas preparam é o desemprego da em massa para os estudantes que acabam o curso liceal.
Gostaríamos ainda de "contar a história" desta RGA e que é igualmente elucidativa acerca dos ataques à democracia que se estão á preparar, neste Liceu.
A partir do momento em que a Associação se apercebeu, ao falar com alguns colegas, da importância de dar um combate sem tréguas a estes decretos, resolveu convocar uma RGA. Inicialmente até pensámos em convocar uma AGE, mas como se levantaram algumas dificuldades resolvemos convocar de imediato a RGA.
Fomos em seguida falar com a Comissão de Gestão para comunicar a realização da RGA e tratar do problema da sala. A primeira dificuldade foi a de no Ginásio não haver luz (coisa que já podia e devia estar pronta há muito tempo). Nós prontificámo-nos para arranjar fios e lâmpadas de molde a resolver provisoriamente o problema. Em seguida o sr. presidente da Comissão de Gestão respondia-nos que isso não era seguro. Depois a questão acabou por ficar em que a Comissão de Gestão iria analisar esse problema da sala durante o dia de hoje. É natural que hoje à hora de fazermos a RGA nos deparemos com alguma dificuldade da parte da Comissão de Gestão. No entanto, acerca destes "problemas" gostaríamos de fazer uma breve apreciação:
1º - Se neste Liceu toda a gente (Comissão de Gestão, Professores e funcionários) têm sala para reunir, é absolutamente correcto que os alunos também a tenham.
2º - Sempre que os alunos tenham necessidade de fazer as suas reuniões, a Comissão de Gestão tem por estrito dever ceder a sala ou salas necessárias para o efeito.
Esperemos pois que este tipo de "dificuldades" não volte a aparecer e que o problema da sala para a reunião esteja resolvido a tempo e horas.
Apelamos finalmente a todos os colegas para que compareçam em massa na RGA de hoje de modo a darmos a resposta mais adequada a todos os ataques aos interesses da imensa maioria dos estudantes portugueses.

TODOS À RGA! 16,40h. no Ginásio


A DIRECÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DO LICEU NACIONAL DE CASTELO BRANCO.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo