domingo, 11 de junho de 2017

1977-06-00 - O Comboio Nº 02 - UCRP(ml)

EDITORIAL
O QUE É O COMBOIO?

O comboio é um Boletim da responsabilidade da União Comunista para a Reconstituição do Partido (marxista-leninista) na CP, destinado fundamentalmente a tratar dos problemas que afectam os Ferroviários.
É o aumento galopante do custo de vida enquanto a revisão do A.C.T. não há meio de se fazer; são as promoções e transferências praticamente congeladas desde o 25 de Abril; é uma certa corrupção e abandalhamento de algumas entidades da hierarquia, cuja responsabilidade cabe principalmente aos novos patrões que tomaram de assalto os postos chave logo a seguir ao 25 de Abril; são as escalas mal elaboradas e o consequente excesso de horas extraordinárias; é a falta de condições de higiene e segurança em muitos locais de trabalho; são as más relações com algumas chefias; as cantinas, os armazéns de víveres, etc., etc.
Neste estado de coisas os dirigentes do nosso Sindicato são dos principais responsáveis, pois que, competindo-lhes lutar sem tréguas pela sua resolução, aliaram-se abertamente à Comissão Adm. e em conjunto contribuíram deliberadamente para ela com o objectivo de vir a retirar dividendos e tudo isto sob os auspícios do falso partido comunista de Cunhal que a seguir ao 25 de Abril tomou as rédeas da C.P. e dos Sindicatos Ferroviários continuando a fazer o mesmo trabalho do Garcia.
O “COMBOIO” será um jornal onde os Ferroviários irão denunciar todas estas e outras questões e apontar as suas alternativas para as resolver, tendo em conta não só os seus interesses individuais e colectivos, mas também os do conjunto dos trabalhadores de que são parte integrante, por isso camarada, deves lê-lo com atenção, criticá-lo e colaborar nele enviando artigos; distribuindo-o, recolhendo fundos, etc.

O "COMBOIO”, sairá quinzenalmente.

NOTA - O n°. 1 saiu em nome de "um grupo de Ferroviários", o que correspondia a um projecto inicial. Posteriormente esse grupo concluiu que seria mais correcto fazê- lo em nome da U.C.R.P.(m-l).


Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo