terça-feira, 23 de maio de 2017

1977-05-23 - A Forja Vermelha Nº 05 - UCRP(ml)

EDITORIAL

FACE À ACTUAL SITUAÇÃO NA NOSSA FÁBRICA DE GRANDE "APATIA” E DESMOBILIZAÇÃO POR PARTE DOS TRABALHADORES, A PARTIR DO DESPEDIMENTO DA C.T., AO QUE SE VEM JUNTAR O PAPEL DESEMPENHADO PELA ACTUAL C.T. NÃO CONTRIBUINDO EM NADA PARA A MELHORIA DO ACTUAL ESTADO DE COISAS, VIMOS NOVAMENTE EXPOR A NOSSA OPINIÃO QUANTO A TÃO GRAVE SITUAÇÃO.
NÓS DISSEMOS NA FORJA VERMELHA nº 2 QUAL A POLÍTICA QUE NOS NORTEAVA FACE À C.T., POLÍTICA ESSA DE UNIDADE E LUTA. É DENTRO DESTE ESPÍRITO QUE DIZEMOS CLARAMENTE QUE A C.T. NÃO PODE CONTINUAR NA SITUAÇÃO DE FECHADA NA "TOCA”, NÃO MOBILIZANDO OS TRABALHADORES EM DEFESA DOS SEUS INTERESSES DE CLASSE.
NÓS NÃO ACREDITAMOS EM "BOAS VONTADES” PORQUE DE JURAS DE PEITO TODOS NOS ESTAMOS FARTOS, É NECESSÁRIO QUE SE PASSE DAS PALAVRAS AOS ACTOS, E ISTO NÃO TEM ACONTECIDO).
HÁ SECÇÕES QUE NÃO TEM DELEGADOS, CABE À C.T. IR A ESTES LOCAIS DE TRABALHO REUNIR OS TRABALHADORES, INCENTIVÁ-LOS E AUSCULTAR OS SEUS PROBLEMAS ASSIM COMO AS SUAS CRÍTICAS EM RELAÇÃO AO PAPEL DA C.T ATÉ AQUI.
NÃO SE PODE CONCEBER QUE POR EXEMPLO NO HANGAR 4 QUE TEM DOIS ELEMENTOS NA CT NÃO HAJA DELEGADO.
OUVE-SE TAMBÉM CONSTANTEMENTE TRABALHADORES DIZEREM SE AINDA EXISTE C.T. E ISTO É MAU POIS TAL SITUAÇÃO SÓ SERVE OBJECTIVAMENTE OS NOSSOS INIMIGOS DE CLASSE, EM PARTICULAR A DIRECÇÃO MILITARISTA
A C.T. TEM QUE SE APOIAR NOS TRABALHADORES REFORÇAR OS LAÇOS ENTRE ELES NA DEFESA DAS SUAS REIVINDICAÇÕES MOSTRANDO NA PRÁTICA DE QUE LADO QUEREM ESTAR E LEVANDO-OS PELA SUA PRÓPRIA EXPERIÊNCIA E RECONHECEREM A EXISTÊNCIA DE UMA C.T. QUE DEFENDA OS SEUS INTERESSES.
HÁ QUE MOBILIZAR INDO ÀS SECÇÕES E HANGARES OUVIR OS ANSEIOS DOS TRABALHADORES; OS SEUS PROBLEMAS, OUVIR AS SUAS CRITICAS EM RELAÇÃO AO TRABALHO DA C.T., MOSTRAR AS SUAS FRAQUEZAS, DIZENDO-AS CARA A CAIA, E NÃO SE FECHANDO NOS GABINETES.
COMO OUSAM DEFENDER AS REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES SE NÃO OS MOBILIZAM?
NÃO QUEREMOS BUROCRATAS E NÃO É ESSE O PAPEL DE UMA COMISSÃO DE TRABALHADORES.
OUTRO DOS FACTORES DE DESMOBILIZAÇÃO DA FABRICA TEM SIDO A FRACA PARTICIPAÇÃO DOS DELEGADOS, NA RESOLUÇÃO DOS NOSSOS PROBLEMAS, POIS A SUA PARTICIPAÇÃO NAS ASSEMBLEIAS TEM SIDO MUITO POUCA, DEIXANDO-SE ARRASTAR AO SABOR DA MARÉ. A C.T. É TAMBÉM RESPONSÁVEL PELO AGRAVAMENTO DESTA SITUAÇÃO, NÃO CONVOCANDO REGULARMENTE REUNIÕES DE DELEGADOS, MOBILIZANDO-OS, EXIGINDO-LHES PARTICIPAÇÃO NA RESOLUÇÃO DOS NOSSOS PROBLEMAS, POIS TAL É O SEU DEVER PARA COM A CLASSE QUE A ELEGEU.
AVANTE NA MOBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES, PELA DEFESA DAS NOSSAS REIVINDICAÇÕES! PELA ELEIÇÃO DE DELEGADOS NAS SECÇÕES ONDE NÃO EXISTEM! PELA REALIZAÇÃO REGULAR DE ASSEMBLEIAS DE DELEGADOS! MAIS UMA NO POSTO DE SOCORROS 
TRABALHADORES MOSTRANDO BEM QUAL, O TIPO DE CUIDADOS MÉDICOS QUE OS TRABALHADORES TÊM. É ESTA CAMARADAS A POLÍTICA QUE OS SENHORES DA DIRECÇÃO APLICAM NA NOSSA FÁBRICA.

EM FRENTE POR UMA ASSISTÊNCIA SOCIAL CONDIGNA!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo