segunda-feira, 15 de maio de 2017

1977-05-15 - BOLETIM Nº 3 DO DEP. DO LUTA POPULAR DA ORG. REG. DE LISBOA DA FEM-L

ÓRGÃO CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES (PCTP/MRPP)

BOLETIM Nº 3 DO DEP. DO LUTA POPULAR DA ORG. REG. DE LISBOA DA FEM-L
Maio - 2ª QUINZENA

A VENDA MILITANTE E O PAGAMENTO INTEGRAL
O nosso "Luta Popular" só poderá subsistir nas condições actuais de cerco económico, na medida em que cada número seja profusamente divulgado e vendido, e cada célula efectue a tempo e horas e de uma integral o seu pagamento.
Esta questão de tão simples e clara que parece ser, encontra no entanto, por parte de alguns organismos uma resistência ora aberta, ora camuflada; resistência que se traduz ora de facto ou de não pagarem 1 tostão sequer do “Luta Popular" que levantam, como é o caso de V. Franca, J. Óbidos, do ISPA, ou do ISA ou entregando uma percentagem diminuta do dinheiro como a V. Beirão, a A. Domingues, o D. J. Castro, Sintra e o IST, ou ainda entregando o dinheiro a tarde e a más horas, caso do Camões, P. Nunes ou do S. da Zona Oriental.
A atitude destes camaradas tem levado a que a Org. Reg, de Lisboa tenha vindo a contrair para com o "Luta Popular" uma divida que se cifra neste momento eu 5.050$00.
"A venda completa do jornal é uma questão decisiva.(...). É a venda, militante, nesse meio revolucionário de propaganda e de inserção do "Luta Popular" entre as amplas massas do Povo que se encontra a chave da resolução destes problemas.
A questão de vender ou não vender militantemente o "Luta Popular" de o pagar ou não pagar integralmente ê a questão de se saber quem aplica e quem não aplica a política do Partido, quem aplica ou não aplica as Teses sobre a Imprensa do Partido, aprovadas no Congresso de Fundação do PCTP, quem se arma e quem não se arma do espírito de decisão da Ofensiva Politica do Partido."
3/6/77

O "LUTA POPULAR" SAI 3ª Feira
Na próxima semana o "Luta Popular sai na 3ª feira, dia 7, devido aos feriados dessa semana.
ASSIM O Nº 546 TEM QUE SER PAGO ATÉ DOMINGO À NOITE.
Todas as células devem tomar medidas para organizarem uma intensa venda militante, para que todo o dinheiro do jornal esteja, na sede nacional até às 23h. de Domingo.

Nº546
Pagamento Integral ate às 23h. de Domingo

QUEM LUTA PELO “LUTA POPULAR”
PAGAMENTO INTEGRAL
Farmácia
ICBL
ETE
Medicina
Ciências
Direito
ISCAL
ESBAI
ISCSP
ISEF
D. Pedro V
Portela
D. Leonor
Olivais
P. Prazeres
G. Vicente
Pioneiros
Camões
M. Pombal
Carcavelos
L. Gusmão

PAGAMENTO PARCIAL
Amadora - 97%    
Pupilos - 97%    
D. Dinis - 97%   
D. Amélia - 95%
A. Ravaro - 90%
ISE - 94%
M. Castro - 85%
Letras - 84%
Secretariado - 82%
Coop. - 81%      
P. Manuel - 76%   
Estoril - 75%

QUEM ESTÁ CONTRA O "LUTA POPULAR”
IST – 73%
V. Beirão - 70%
D. J. Castro - 67%
P. Nunes - 58%
A. Doming. - 55%
ISCTE - 50%
Cacém - 50%
Queluz - 40%
Candidatos - 37%
ISPA - 25%
F. Benevid. - 25%
D. Mária I - 25%
F. Borges - 25%
Oeiras - 25%
ISA - 18%


Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo