sábado, 29 de abril de 2017

1977-04-29 - BOLETIM nº 2 DO MOVIMENTO DE ADESÃO AO PCTP - FEML

FEDERAÇÃO DOS ESTUDANTES MARXISTAS-LENINISTAS Organização do PCTP/MRPP para a Juventude Comunista Estudantil

BOLETIM nº 2 DO MOVIMENTO DE ADESÃO AO PCTP
semana de 23 a 29 Abril na Organização Regional de Lisboa da FEM-L

É PRECISO FUNDIR O MOVIMENTO DE ADESÃO COM AS LUTAS QUE OS ESTUDANTES DE LISBOA ESTÃO A DESENCADEAR CONTRA A REFORMA BURGUESA DO ENSINO

TOTAL DE ADESÕES - 69
até 18 Abril - 39
de 18 a 29 – 30

Camaradas:
A decisão do Comité Permanente do Comité Regional de publicar semanalmente um Boletim de Adesão mostrou-se já inteiramente correcta e oportuna. Durante esta semana, de 18 a 29 de Abril, foram feitos 30 aderentes, quase tantos quantos se fizeram em 2 meses (39). Este salto é sem dúvida resultado da luta ideológica lançada na nossa organização com a saída do Boletim Nº 1.
No entanto, estamos ainda muito longe dos objectivos fixados, e há um número relativamente grande de comités e células que ainda não se puseram a caminho.
Urge intensificar a luta ideológica.
O Boletim Nº 1 deve ser discutido por todas as células, pois nele se analisa as razões do atraso da campanha de adesão, ao mesmo tempo que são apontados a linha, os métodos e as formas de a levar e dar novos passos em frente e a avançar com novo vigor.

QUEM FEZ ADESÕES NESTA SEMANA
Letras - 1
Direito - 2
ISE - 4
D. Dinis - 1
D. Pedro I - 1
IST - 4
E. Portela - 4
Farmácia - 1
ICBL - 3
Gil Vicente - 1
D. Amélia - 3
F. Borges - 4
Dep. Pioneiros V - 1
TOTAL DE CÉLULAS - 13
TOTAL DE ADESÕES - 30
QUEM AINDA NÃO FEZ ADESÕES
C.L.V. F. Xira
C.L.L. Sintra

Grandes escolas
HSM
ISEL
L. Camões L.
Passos Manuel
L.D. Leonor
L.S.J. Estoril
ISCTE
ISEF
ESBAL
ISPA
ETE
EECG
EEAR
L.D.J. Castro
L. Pedro Nunes
F.   Benevides
M. Pombal
Josefa d’Obidos
Pupilos Ex.
M. Amália
Manuel da Maia
P. Prazeres
Luísa de Gusmão
TOTAL: 23 ESCOLAS
2 COMITÉS LOCAIS

FAZER ADERIR AO PCTP OS MEMBROS DAS NOSSAS LISTAS ASSOCIATIVAS

O MOVIMENTO DE ADESÃO E PARTE INTEGRANTE DA OFENSIVA POLÍTICA DA ORG. REG. DE LISBOA DA FEM-L.
Grandes lutas se travaram nas escolas durante esta semana. A não ligação da campanha de adesão a estas lutas foi o principal desvio cometido.
Como se compreende que a célula do HSM não tenha um único aderente, se aprovou na RICC as suas propostas e tem influenciado a luta dos H. Civis? Como se explica que as células de Direito e Letras apenas tenham 2 e 1 aderentes, respectivamente, quando importantes lutas aí se travam contra a reforma burguesa do ensino, lutas essas que nós, influenciamos? E nos liceus e escolas técnicas onde os estudantes se revoltam contra os exames nacionais como se explica que havendo na F. Borges 4 aderentes, não tenhamos apresentado lista candidata à AE? O que andam a fazer os secretários dos Comités Locais de V.F. Xira/Torres Vedras e da Linha de Sintra, cujos sectores integram algumas escolas grandes (E.T. Cacém, L. Queluz e L. Amadora) e escolas cuja direcção associativa, é directamente influenciada pela FEM-L como o L. de V.F. Xira?
As nossas células têm que compreender que é a luta das massas que alimenta o movimento de adesão; A adesão não se faz a "seco"; o simpatizante ou amigo do Partido assina o cartão de adesão - quando está consciente de que o PCTP é o Partido da Revolução, e quando os militantes da FEM-L na sua escola já lhe deram provas de serem os únicos capazes de perseverar na defesa dos interesses dos estudantes somos atraiçoar e sem desistir da luta como sempre fazem todos os oportunistas.
É por isto que as adesões em cada escola só podem aumentar na pedida em que crescer a influência da nossa linha política nas lutas dos estudantes; é preciso ligar a ofensiva política da FEM-L nas escolas ao alargamento da organização e atacar o inimigo - É ESTE O CONTEÚDO DO MOVIMENTO DE MASSA DE ADESÃO AO PCTP

OUSAR TRAVAR A LUTA IDEOLÓGICA E ISOLAR OS SABOTADORES! APROFUNDAR O MOVIMENTO DE RECTIFICAÇÃO GERAL! DIRIGIR AS LUTAS DOS ESTUDANTES CONTRA A REFORMA BURGUESA INTENSIFICAR O MOVIMENTO DE ADESÃO!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo