segunda-feira, 22 de agosto de 2016

1976-08-22 - PROCLAMAÇÃO DA UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA REVOLUCIONARIA - UJCR

PROCLAMAÇÃO DA UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA REVOLUCIONARIA

JOVENS OPERÁRIOS!
JOVENS CAMPONESES!
JOVENS PESCADORES!
JOVENS TRABALHADORES!
JOVENS ESTUDANTES!
Nasceu a organização comunista da juventude!
Neste dia histórico, várias dezenas de jovens comunistas reunidos em Encontro Nacional convocado pelo Partido da classe operária portuguesa — o Partido Comunista Português (Reconstruído) — proclamam: a juventude portuguesa tem a partir de hoje a sua organização de luta e de vanguarda, o seu baluarte firme para a revolução, a UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA REVOLUCIONÁRIA!
Inspirados nos exaltantes exemplos de dedicação à classe operária e ao povo dados pela juventude de todo o mundo, em que se destacaram no passado o KOMSOMOL de Lenine e Staline, e hoje se destaca a combativa juventude da China de Mao Tsétung, e os intrépidos jovens da Albânia de Enver Hoxha, constituímos hoje também em Portugal a Juventude Comunista.
Animados pela abnegada e activa participação da juventude portuguesa nos combates revolucionários,— participação destacada desde os primeiros tempos do fascismo e prosseguida hoje depois do 25 de Abril na primeira linha de combate aos monopólios, aos latifundiários e ao imperialismo — surge hoje a organização comunista da juventude.
Activa foi e será a participação da juventude na luta de classes. Sequiosa de justiça, revoltada com a exploração e a miséria do povo, de profundos sentimentos anti-imperialistas, particularmente oprimida e explorada nas fábricas, nos campos e nos quartéis, a juventude portuguesa anseia pelo progresso, pela liberdade, pela independência e pelo socialismo. A juventude portuguesa vai lutar com o povo pobre a que pertence e deseja servir, para modificar radicalmente esta sociedade corrupta, conquistar o governo do 25 de Abril do povo, a democracia popular em marcha para o socialismo.
RAPAZES E RAPARIGAS DAS FÁBRICAS, HERDADES CAMPOS E ESCOLAS!
À nossa frente encontra-se doravante a UJCR, destacamento de vanguarda e de luta, guiada pelo marxismo-leninismo.
A UJCR aplicará na juventude a linha revolu­cionária do PCP(R), será um seu destacamento de luta, seu combativo auxiliar.
Englobando no seu seio comunistas e simpati­zantes activos do comunismo, a UJCR, pela mobi­lização revolucionária, pela educação política e ideológica dos seus aderentes, será uma escola de formação de autênticos comunistas, temperados nas grandes batalhas da luta de classes, dispostos a dar a vida pela revolução.
Nós que não tememos as dificuldades e as durezas da luta, que não recuamos perante nada para servir o nosso povo e a revolução; nós que nos revoltámos e estamos dispostos a lutar contra o regresso do fascista Spínola, a libertação dos odiosos carrascos da pide, a recuperação capitalista, temos na UJCR o nosso destacamento vermelho.
Tendo sempre presentes os grandes ideais da revolução, a UJCR mobilizará ainda a juventude nas suas reivindicações concretas e em tomo dos seus problemas específicos, contra o desemprego, contra as discriminações no trabalho e no salário, pelo acesso ao ensino e à cultura. A UJCR promoverá o desporto, as actividades culturais e a nobre solidariedade entre a juventude.

JOVENS DE PORTUGAL!
JOVEM COMUNISTA!
JOVEM REVOLUCIONÁRIO!
Jovem ainda enganado pelas serviçais direcções traidoras da UJC-UEC que não passam de meros lacaios do grupelho revisionista de Cunhal!
Junta-te às fileiras da UNIÃO DA JUVENTU­DE COMUNISTA REVOLUCIONARIA!
Vem reforçar com a tua presença e combativi­dade as fileiras da organização de vanguarda de toda a juventude progressista portuguesa.
A UJCR que agora nasce tem à sua frente um futuro brilhante. O presente é de luta e a vitória há-de ser nosso!
Viva a UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNIS­TA REVOLUCIONARIA!

Agosto de 1976.
O I ENCONTRO NACIONAL (CONSTITUTIVO) DA UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA REVOLUCIONARIA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo