sexta-feira, 12 de agosto de 2016

1976-08-12 - A Luta Continua Nº 01 - GDUP

EDITORIAL

«Um extraordinário movimento das massas populares, despoletado com a campanha eleitoral, não pode nem deve de forma alguma estagnar, seja qual for o resultado das eleições que hoje decorrem. E serão, terão que ser os GDUP as células embrionárias que, reproduzindo-se pelo país às centenas, aos milhares, reforçarão cada vez mais este amplo movimento de unidade popular que se gerou e originarão, a partir da base, a estrutura de uma grande Frente de massas populares».
Estas palavras do camarada Otelo, na sua célebre mensagem lida na noite de 27 de Junho, confirmaram o arranque definitivo dos GDUP em ordem à constituição de uma ampla frente popular. As grandes tarefas de resistir à ameaça do fascismo e de abrir caminho à construção do socialismo, impunham uma via de larga unidade e exigiam uma direcção política para o movimento de massas. Unir os trabalhadores e o povo em tomo de um programa de luta, construindo uma alternativa popular para a crise económica e política que o país atravessa — eis a grande responsabilidade histórica dos GDUP.
Este movimento de unidade popular só poderá afirmar-se politicamente e estruturar-se organizativamente a partir de duas condições fundamentais: que os GDUP estejam na primeira linha das lutas concretas nas empresas e nos bairros, nos escritórios e nos campos, e que, ao mesmo tempo, sejam portadores de uma perspectiva política global, capaz de dar unidade a essas mesmas lutas e de fazer convergir para objectivos comuns a grande corrente popular e revolucionária.
O boletim dos GDUP, cuja publicação agora começa, será um instrumento ao serviço destas duas condições: que cada GDUP possa transmitir a todos os ou­tros as suas experiências concretas de luta e que o projecto político comum possa ser elaborado e divulgado. Este boletim é pois uma arma para a luta, um instrumento para o nosso combate. Façamos dele o boletim de todos os GDUP: A LUTA CONTINUA!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo