quinta-feira, 11 de agosto de 2016

1976-08-11 - Ao Procurador Geral da Republica Ao Comando Geral da P.S.P. - UCRP(ml)

Ao Procurador Geral da Republica
Ao Comando Geral da P.S.P.

A União Comunista para a Reconstituição do Partido (Marxista-Leninista), UCRP(ml), protesta veementemente contra a acção repressiva fascista da PSP no Alto da Pina contra os militantes do Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado, vítimas pouco antes da agressão de elementos desclassificados da sociedade comandados por social-fascistas da UDP/PCP(R), contra a prisão ilegal e injusta de três militantes do MRPP, ainda presos, e contra a decisão tomada pelo Juiz João Vaz Rebordão, e exige a imediata libertação. dos presos anti-fascistas e anti-social-fascistas do MRPP.
A União Comunista para a Reconstituição do Partido(Marxista-Leninista), UCRP(ml) denuncia ainda as infiltrações social-fascistas na PSP e nos Tribunais, agora vindas a lume neste caso, em que e manifesta a conivência de elementos da PSP e do Juiz Rebordão com os social-fascistas agressores dos militantes do MRPP do Alto da Pina.
CONTRA O SOCIAL-FASCISMO E O FASCISMO E A QUEM OS APOIAR!
LIBERTAÇÃO IMEDIATA DOS ANTI-FASCISTAS E ANTI-SOCIAL-FASCISTAS PRESOS!

Lisboa, 11/8/76
O Secretariado do Comité Central da UCRP (ml)

Aos militantes anti-fascistas e anti-social-fascistas presos
Ao Comité Central do MRPP
Aos advogados democratas e patriotas e aos familiares dos presos

A União Comunista para a Reconstituição do Partido (Marxista-Leninista), UCRP(ml), apoia militantemente a libertação imediata dos activistas anti-fascistas e anti-social-fascistas presos arbitrariamente pela PSP no Alto da Pina e mantidos ilegalmente nas cadeias da burguesia por decisão do Juiz João Vaz Rebordão.
A União Comunista para a Reconstituição do Partido (Marxista-Leninista), UCRP(ml), repudia veementemente a acção social-fascista organizada pela UDP/PCP(R) contra a sede do Alto da Pina do MRPP, e a acção fascista de conivência com os social-fascistas da parte da PSP e do Juiz João Vaz Rebordão, o que denota as infiltrações social-fascistas no aparelho repressivo da burguesia.
A União Comunista para a Reconstituição do Partido (Marxista-Leninista) desenvolverá todas as acções concretas, integrando-se no movimento nacional pela libertação dos anti-fascistas e anti-social-fascistas presos, e no sentido do reforço da frente única contra o social-fascismo e o fascismo, pela manutenção das liberdades democráticas e das conquistas populares, e em particular contra a escalada social-fascista.
CONTRA O SOCIAL FASCISMO E O FASCISMO, LIBERDADE PARA O POVO!
LIBERTAÇÃO IMEDIATA DOS ANTI FASCISTAS E ANTI SOCIAL FASCISTAS
PRESOS!

Lisboa, 11/8/76
O Secretariado do Comité Central da UCRP(ml)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo