quarta-feira, 10 de agosto de 2016

1976-08-10 - NOTA DO PCP SOBRE O REGRESSO, DO EX-GENERAL SPÍNOLA


PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS
NOTA DO PCP SOBRE O REGRESSO, DO EX-GENERAL SPÍNOLA

1. Acaba de ser noticiado o regresso do ex-general António de Spínola. Num momento em que o novo regime democrático consagrado na Constituição dá os primeiros passos este acontecimento causa profundas preocupações.
2. O regresso do ex-general Spínola irá dar novo ânimo e arrogância àqueles que pretendem pôr em causa as conquistas da revolução e impedir a consolidação e o prosseguimento do curso democrático da sociedade portuguesa.
3. Dada a gravidade das acusações que pesam sobre ele - as suas tentativas de golpes violentos contra a democracia em 28 de Setembro e 11 de Março, as suas conspirações em Portugal e no estrangeiro, as suas responsabilidades na formação, organização e execução de actividades terroristas pelo MDLP e outros grupos contra-revolucionários - o ex-general Spínola deve responder pelos seus actos nos termos da Lei.
4. A defesa da democracia portuguesa exige grande vigilância do povo e dos órgãos do Estado de forma a que se seja posto termo às conspirações, sejam desmanteladas as organizações terroristas, sejam julgados e condenados os responsáveis por actos de violência, assegurando a todos os cidadãos o exercício das liberdades e direitos em todo o território nacional.

Lisboa, 10 de Agosto de 1976
A COMISSÃO POLÍTICA DO COMITÉ CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo