quarta-feira, 3 de agosto de 2016

1976-08-03 - AOS EMPREGADOS DE SEGUROS

AOS EMPREGADOS DE SEGUROS

A Direcção do nosso sindicato, minada por ‘submarinos' cunhalistas e radicais está demissionária.
Caracterizada pelas eternas posições de meias-tintas, nunca conseguiu levar por diante uma actuação democrática e anti-imperialista antes abrindo, com a suas constantes vacilações, a porta as manobras dos nazis-cunhalistas no nosso sindicato.
E assim que, golpisticamente alguns sectores da própria direcção pedem a demissão, influenciando outros que, de facto desejosos de acabar o estado de sítio que existe no Sindicato, compreenderam que não seria a partir de uma direcção conciliadora com os piores inimigos do nosso povo - os sociais-fascistas - que poderiam levar por diante um programa de luta pela Independência Nacional, pela Democracia e pelo Socialismo.
O golpe está dado!
Todos compreendemos o que Se pretende com a convocaçao de uma Assembleia Geral para deliberar sobre a demissão dos Corpos Gerentes do nosso Sindicato, em pleno mês de Agosto, quando a esmagadora maioria dos empregados de seguros se encontra em férias e a desmobilização e geral.
Por isso, impõe-se que todos nós saibamos assumir as nossas responsabilidades, comparecendo em massa a Assembleia Geral de 5 de Agosto na Rua Castilho nº 14, às 21 horas, para esmagar as manobras dos sociais-fascistas e eleger uma Comissão Directiva - Provisória democrática e patriótica que organize e dirija eleições verdadeiramente democráticas no próxi­mo mês de Outubro.
- TODOS À ASSEMBLEIA DE 5 DE AGOSTO NA RUA CASTILHO Nº 14 ÀS 21 HORAS
- O SOCIAL-FASCISMO NÃO PASSARÁ NO SINDICATO DOS SEGUROS!

Lisboa, 3 de Agosto de 1976
A COMISSÃO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO DO TRABALHO (M.D.T.) DOS SEGUROS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo