sexta-feira, 9 de junho de 2017

1977-06-09 - Unidade Popular Nº 122 - PCP(ml)

Um grande estímulo para os comunistas portugueses

A viagem que a delegação do Comité Central do Partido Comunista de Portugal (marxista-leninista) acaba de efectuar à República Popular da China constitui um grande estímulo para os verdadeiros comunistas portugueses.
O Partido Comunista da China, pessoalmente fundado e edificado pelo grande Mao Zedong, é um partido experimentado na luta, é o partido que em primeiro lugar se ergueu contra o revisionismo moderno. Guiado por Mao Zedong, o Partido Comunista da China fez o balanço da experiência da restauração do capitalismo na União Soviética e conduziu a luta de classes na China de modo a evitar aí a repetição da tragédia.

O Partido Comunista da China aplica na sua luta a magistral análise do mundo de hoje elaborada pessoalmente por Mao Zedong. Com base nessa análise, presta aos povos oprimidos de todo o mundo um precioso auxílio na luta pela independência e a liberdade.
Conduzido por Hua Guofeng, o Partido Comunista da China esmagou firmemente o «bando dos quatro», que pretendia usurpar o poder no Partido e no Estado e fazer regressar a China à antiga sociedade.
O Partido Comunista da China é um partido que conduziu lutas cheias de ricas experiências. O Partido Comunista de Portugal (marxista-leninista) estuda atentamente todas essas experiências e procura aplicar a verdade universal da teoria de Marx, Engels, Lenin, Stalin e Mao Zedong à realidade portuguesa.
O camarada Li Xiannian saudou a delegação do nosso Partido sublinhando: «Durante muitos anos o vosso Partido obteve incessante desenvolvimento e crescimento graças aos incensáveis esforços que envidou na luta contra o imperialismo, contra o revisionismo moderno, contra o regime fascista do país e muito especialmente contra o social-imperialismo soviético. Nós ale­gramo-nos do fundo do coração com os sucessos que obtivestes e estamos convencidos de que o vosso Partido obterá novas e ainda maiores vitórias no processo de integração do marxismo-leninismo com a prática concreta da revolução do vosso País». Referiu o apoio que os dois partidos se concedem mutuamente na luta contra os inimigos comuns e fez votos de que os laços de amizade e solidariedade militantes entre o Partido Comunista da China e o Partido Comunista de Portugal (marxista-leninista) se reforcem cada vez mais.
Estas palavras são para nós um grande encorajamento.

O contacto de perto da delegação do Comité Central do nosso Partido com a luta dos comunistas chineses, o estreitamento da amizade fraternal e militante entre os dois partidos e as palavras calorosas do camarada Hua Guofeng constituem um grande estímulo para a luta dos comunistas portugueses.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1977-06-00 - ER Boletim Nº 01

O QUE É E PARA QUE SERVE ESTE   BOLETIM Os militantes sem partido da Unidade Popular são um largo conjunto de militantes revolucioná...

Arquivo