terça-feira, 6 de junho de 2017

1977-06-06 - A Forja Vermelha Nº 06 - UCRP(ml)

EDITORIAL

MAIS UMA VEZ VIMOS FALAR DO TÃO IMPORTANTE PROBLEMA COMO É A ASSISTÊNCIA MÉDICA DA NOSSA FÁBRICA, ACHAMOS POR BEM COLOCAR NOVAMENTE TAL QUESTÃO DEVIDO AO RELEVO QUE TAL SITUAÇÃO MERECE, E TAMBÉM UM ALERTA PARA QUE OS CAMARADAS NÃO A ENCAREM DE ANIMO LEVE.
FAZ PRECISAMENTE HOJE 11 DIAS QUE O CAMARADA FITAS MORREU, E SE DE INICIO LOGO SE LEVANTOU UMA CÓLERA DE REVOLTA, QUER-NOS A NÓS PARECER QUE O CASO TEM ARREFECIDO UM POUCO.
NÓS DISSEMOS NO FORJA VERMELHA ESPECIAL, SOBRE A MORTE DO CAMARADA FITAS, QUE ESTA NÃO FICARIA IMPUNE. ASSIM CONTINUAREMOS PERSISTINDO NA DEFESA DESTA RAZÃO, NÃO DEIXAREMOS CAIR OS TRAÇOS, ANTES PELO CONTRÁRIO, TUDO FAREMOS DE ACORDO COM AS NOSSAS PRÓPRIAS FORÇAS PARA LEVAR AVANTE A LUTA POR UMA ASSISTÊNCIA SOCIAL CONDIGNA.
NÓS TAMBÉM DISSEMOS EM NOSSO ENTENDER O QUE A C.T. DEVERIA FAZER FACE A ESTE PROBLEMA, E APONTAVA-MOS ALGUMAS PROPOSTAS QUE NOS PARECEM JUSTAS. E O QUE FEZ A C.T. ATÉ HOJE?
SEGUNDO O COMUNICADO nº 12, ESTA REQUEREU AO DIRECTOR NO PRÓPRIO DIA DA MORTE, A INSTAURAÇÃO DE UM INQUÉRITO E A SUA DIVULGAÇÃO A FIM DE APURAR RESPONSABILIDADES SE AS HOUVER. NOTE-SE BEM ESTA FRASE, SE AS HOUVER. INCRÍVEL! COMO SE DIGNAM A PÔR ESTA DUVIDA? SERÁ QUE NÃO EXISTEM RESPONSÁVEIS PELA POLÍTICA QUE NORTEIA A ASSISTÊNCIA MÉDICA NO POSTO DE SOCORROS? E QUEM SERÃO? NÃO É MUITO DIFÍCIL, E NÓS SEMPRE O DISSEMOS, QUE A PRINCIPAL RESPONSABILIDADE CABE UNICAMENTE À DIRECÇÃO MILITARISTA DA NOSSA FÁBRICA QUE SE TEM "BORRIFADO" PARA AQUILO QUE TEM ACONTECIDO ATÉ AQUI. NÃO NOS PARECE QUE A C.T. TENHA RAZÃO, OU SERÁ QUE DUVIDAM DE QUEM SÃO OS RESPONSÁVEIS POR TAL SITUAÇÃO?
EM CONVERSAS TIDAS COM ELEMENTOS DA C.T. VERIFICAMOS QUE ESTES ESTÃO BEM INTEIRADOS DA SITUAÇÃO QUE SE VIVE NA NOSSA FÁBRICA QUANTO À ASSISTÊNCIA MEDICA - E PORTANTO NÃO PERCEBEMOS O PORQUE DESTAS DÚVIDA NO SEU COMUNICADO.
A C.T. NESTE SEU COMUNICADO ABORDA O PROBLEMA MUITO SUPERFICIALMENTE, NÃO INDO À RAIZ DESTE A FIM DE DETECTAR QUAL A ERVA VENENOSA QUE MINA O POSTO DE SOCORROS. É COMO SE DIZ NA GÍRIA "CONTEMPLAR AS FLORES POR CIMA DO CAVALO”, NÃO DESCENDO DESTE, INDO ANALISA-LO.
É NECESSÁRIO QUE A C.T. TOME EM MAIS ESTE PROBLEMA, POIS TAL É O SEU DEVER, POIS FOI PARA ISSO QUE A CLASSE A ELEGEU.
A C.T. NÃO PODE FICAR SÓ PELO INQUÉRITO COMO SE ESTE TROUXESSE ALGO DE NOVO QUANTO A RESPONSABILIDADES, OU NÃO SERÁ VER­DADE QUE OS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS SÃO A DIRECÇÃO MILITARISTA E QUE ESTES DEVE­RIAM SIM FAZER INQUÉRITO A SI PRÓPRIOS.
ESTAR À ESPERA DO INQUÉRITO SÓ, NEM SABENDO QUANTO TEMPO DEMORARÁ, LEVA A QUE SE PASSE UM CHEQUE EM BRANCO À DIRECÇÃO MILITARISTA E DEIXAR ARREFECER A SITUAÇÃO DE REVOLTA QUE SE VEM SENTINDO.
NÃO QUERER ANDAR PARA A FRENTE COM O PROBLEMA, SÓ QUANDO SE SOUBER O RESULTADO DO "INQUÉRITO" É OBJECTIVAMENTE FAZER O JOGO DA DIRECÇÃO MILITARISTA, QUE QUER QUE NÃO SE FAÇAM "ONDAS" QUE OS TRABALHADORES SE MANTENHAM "CALMOS" E "PACIENTES”. EIS O LEMA!,
A C.T. COM A SUA PRÁTICA ATÉ AQUI VEM-SE AFASTANDO DOS TRABALHADORES, ISOLANDO-SE E CRIANDO UM ABISMO ONDE MAIS TARDE OU MAIS CEDO IRÃO CAIR, SERVINDO ASSIM OS INTERESSES DA BURGUESIA MILITARISTA.
DIZEM E REDIZEM QUE "HÁ QUEM DIGA QUE SÃO PORTA-VOZES DA DIRECÇÃO", NEGANDO EM ABSOLUTO TAL AFIRMAÇÃO. NÃO BASTA! DE BOAS INTENÇÕES ANDA O MUNDO CHEIO.
NÓS SEMPRE DISSEMOS E VOLTAMOS A DIZER QUE A C.T. TEM QUE SE APOIAR NOS TRABALHADORES, LIGANDO-SE COM ELES UNHA COM CARNE E PROVAR NA PRATICA QUE SÃO DEFENSORES DOS INTERESSES DOS TRABALHADORES.
AO QUE SABEMOS A C.T. TEM NA SUA POSSE ALGUMAS MOÇÕES DE HANGARES E SECÇÕES, EM QUE EXIGEM UMA ASSEMBLEIA DE DELEGADOS PARA DISCUSSÃO DA SITUAÇÃO DO POSTO DE SOCORROS E DE OUTROS PROBLEMAS QUE AFECTAM OS TRABALHADORES. ATÉ À HORA EM QUE ESCREVEMOS ESTE ARTIGO, A C.T. NÃO TOMOU POSIÇÃO FACE A ESTAS PROPOSTAS, DE QUALQUER MODO DEVEREMOS ESTAR VIGILANTES QUANTO À SUA CONCRETIZAÇÃO.
ACHAMOS INTEIRAMENTE JUSTO, CONVOCAR-SE O MAIS BREVE POSSÍVEL UMA ASSEMBLEIA DE DELEGADOS E EXIGIRMOS QUE A C.T. TOME A DEFESA DESSAS PROPOSTAS.
APELAMOS A QUE TODOS OS DELEGADOS SE UNAM NA DEFESA DA APLICAÇÃO DAS PROPOSTAS, INCENTIVANDO A SUA DISCUSSÃO NAS SECÇÕES NO SENTIDO DA SUA APLICAÇÃO IMEDIATA.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1977-06-23 - PROCESSO DE UM PROCESSO - 2 - Rui Gomes

PROCESSO DE UM PROCESSO - 2 A FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DOS DIREITOS DO HOMEM   PRONUNCIA-SE   PELA IMEDIATA LIBERTAÇÃO DE RUI GOMES E...

Arquivo