Translate

sexta-feira, 19 de maio de 2017

1977-05-19 - O Ensino Secundário deve comparecer em massa no Plenário dos Estudantes de Lisboa - Movimento Estudantil

O Ensino Secundário deve comparecer em massa no Plenário dos Estudantes de Lisboa

Ontem, quando cerca de mil estudantes do Ensino Secundário se concentravam frente ao MEIC exigindo a revogação dos exames nacionais, a polícia de choque interveio brutalmente agredindo a bastonada os que lhe ofereciam resistência. A UE"C" numa manobra divisionista e de quem tem medo de enfrentar a repressão, resolveu refugiar-se apressadamente na Faculdade de Medicina impondo aí as suas propostas golpistas e impedindo que os representantes das Associações que assinam este comunicado pudessem apresentar as suas propostas.
A jornada de ontem mostrou claramente que essas forças estão interessadas na desmobilização da luta e não têm um plano para a confirmar. No entanto ela mostrou também que os estudantes do Ensino Secundário estão firmemente dispostos a lutar contra os exames nacionais e contra toda a Reforma Burguesa do Ensino.
Nos dizemos claramente: a luta é dura e prolongada, portanto devemos unir-nos aos estudantes do Ensino Superior e a todo o Povo português para podermos obter vitórias.
A via que apontamos aos estudantes do Ensino Secundário é exactamente essa.
Por isso apelamos a todos os estudantes do Ensino Secundário de Lisboa para que compareçam hoje no Plenário que se realiza às 16h. no Pavilhão Gimno-Desportivo da Cidade Universitária.
A nossa proposta de luta I a seguinte:
1 - Contra a selecção. Contra os exames nacionais. Por exames a nível de escola.
2 - Contra os exames de aptidão à Universidade! Contra o "numerus clausus" e o ano propedêutico! Pelo ingresso imediato dos candidatos na Universidade.
3 - Contra o conteúdo reaccionário do Ensino! Contra os métodos repressivos e autoritários! Pelo trabalho colectivo à avaliação contínua.
4 - Contra o sistema de faltas como critério de selecção.
5 - Contra a proibição de propaganda política nas escolas! Contra a tentativa de transformar as escolas do Ensino Secundário em campos de concentração! Revogação imediata do decreto sobre o controle de entradas! Pala Democracia! Pelas RGA's e AGE's democráticas!
6 - Contra a repressão! Contra as invasões e intervenções criminosas das polícias assassinas nas escolas, nomeadamente no Liceu D. Pedro li, no Liceu Garcia da Orta, no Porto, na concentração do dia 18 frente ao MEIC, etc.
7 - Pelo reforço da organização dos estudantes - Associações de Estudantes e Delegados de Turma, pelo subsídio governamental as Associações do Ensino Secundário.
Propomos as seguintes formas de luta:
1 - Desenvolver a partir do Plenário de hoje uma grande campanha de mobilização e propaganda entre os estudantes de Lisboa:- realização de RGA's em todas as escolas, divulgação do evoluir da luta a nível nacional, criação de Comissões de Curso e Comissões de Luta onde não existam, etc.;
2 - Conceder um prazo ao MEIC até dia 24 à noite, para dar uma resposta inequívoca às reivindicações dos estudantes.
3 - Apontar para uma Greve Geral Nacional dos estudantes portugueses, como coroamento da sua intensa mobilização e do seu combate e como solidariedade com a luta mais geral do nosso Povo.
4 - Realizar um Plenário de Estudantes de Lisboa no dia 25 de Maio para determinar o início da greve.
5 - Preparar as condições para a realização de uma grande manifestação que integre a luta dos estudantes na luta mais geral do nosso povo.
6 - Eleger neste Plenário uma Comissão de Luta representativa dos diversos graus de Ensino, encarregada de dirigir e coordenar este processo.
ESTA É A NOSSA RESPOSTA ÀS CARGAS DA POLÍCIA!

D.A.E. A. Domingues
D.A.E. E.C. Luísa Gusmão (noite)
Comissão de Luta Contra os Exa­mes Nacionais da E.C.Veiga Beirão

CONTRA OS EXAMES NACIONAIS E O CONTRA A SELECÇÃO!
ENSINO SECUNDÁRIO - ENSINO SUPERIOR A MESMA LUTA!

BALANÇO DA SITUAÇÃO DA APROVAÇÃO DA PROPOSTA CONTRA OS EXAMES NACIONAIS NA REGIÃO-DE LISBOA:
PROPOSTA
Considerando que:
1. Os exames a nível nacional decretados através do despacho nº 6/77 demonstram um total desprezo e desconhecimento pelas situações concretas das diversas eis colas.
2. O início do ano lectivo tal como nos anos transactos não foi uniforme.
3. O MEIC se apressou a estabelecer os programas sem contudo se preocupar com os textos de apoio e livros didácticos que permitissem seguir e cumprir o programa.
4. Em muitas escolas se aguarda ainda a colocação dos professores em diversas disciplinas básicas.
5. Os problemas agora verificados se podem repetir em anos futuros se não forem tomadas, medidas básicas concretas.
6. Só as escolas poderão analisarmos seus problemas específicos e encontrar a melhor solução para os mesmos.
Como alternativa às medidas do MEIC propõe-se o seguinte:
1. Exigir a revogação do despacho como anti-democrático e anti-pedagógico.
2. Propor exames a nível de escola tomando como base os sumários do livro de ponto.
3. Como existe disparidade mesmo a nível de escola de turma para turma que os pontos de exame sejam perguntas de opção tendo em vista as matérias mais atrasadas e as mais recuadas (Não por culpa dos alunos).
4. Que todos os alunos possam candidatar-se a exames de segunda época nas disciplinas que se sintam preparados sem impedimentos de idades seja ou não para completar anos.
5. Porque estamos fartos de decretos de última hora propomos o estabelecimento de programas concretos que possam e devam ser cumpridos a nível nacional.
6. A colocação a tempo de todos os professores necessários ao normal funcionamento das aulas não esquecendo que as mesmas deu em abrir sem excepção no inicio do ano lectivo (1 de; Outubro).
Esta proposta foi a provada em:
RGA da Esc. Sec. de V.F.  Xira (noite)
RGA Esc. Com. Veiga Beirão
e ainda em
13 turmas e RDT
47 turmas do L.D. Pedro V
9 turmas L.D. Dinis
8 turmas na Esc. Tec. Cacém
4 turmas L. Queluz
3 turmas E.I.A. Domingues
2 turmas Esc Sec. Portela
2 turmas Esc. Sec. Carcavelos
3 turmas Esc. (Machado de Castro
1 turma L. R. D. Amélia.
Esta proposta continua a circular nas restantes turmas destas escolas.

TODOS AO PLENÁRIO
5a feira/16h/pav. gimnodesportivo CIDADE UNIVERSITÁRIA

Sem comentários:

Enviar um comentário