Translate

sábado, 13 de maio de 2017

1977-05-00 - BOLETIM Nº 02 MAIO 1ª QUINZENA - FEML

LUTA POPULAR
ÓRGÃO CENTRAL DO PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES (PCTP/MRPP)

BOLETIM Nº 02 MAIO 1ª QUINZENA
DO DEP. DO LUTA POPULAR DA ORO. REG. DE LISBOA DA FEM-L

RESPONDER AOS VELHOS ATAQUES DOS NOVOS TINOCOS CONTRA O LUTA POPULAR.
DIA 24 -15 H 4º juízo Correccional

Organizar e Multiplicar a Venda Militante
"Contra os pontos de vista aristocratas, liberais e pequeno-burgueses que subestimam a importância decisiva que tem na actual situação da luta de classes no nosso país, a feitura e ampla divulgação de um jornal comunista para as amplas massas, erguem-se os pontos de vista e a prática dos que compreendendo a sua necessidade, aliam a sua difusão e venda militante com um profundo e vasto trabalho de massas, levando assim por diante a ofensiva política do Partido e o reforço da direcção do movimento de massas pelos comunistas.
(...) Travar uma luta implacável contra os pontos de vista aristocráticos que se recusam a vender o jornal fora dos locais de trabalho (e que nos locais de trabalha não ultrapassam a rede já organizada);contra os métodos artesanais — próprios do círculo de Propaganda mas não do Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses — impondo uma organização cuidada da venda.
Aumentar decididamente a rede de distribuição do jornal e desencadear uma grande agitação em todos os locais de concentração à passagem das massas, logo nos primeiros dias após a saída do jornal (com base sobretudo na venda militante organizada) e informar o Partido por forma a que a luta possa ser travada — tal é a via a seguir e uma condição necessária no fortalecimento dá Imprensa do Partido, no reforço da ligação às massas e da direcção do seu movimento revolucionário, na edificação do Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses."
(LUTA POPULAR nº 542)

ESCOLAS E LOCAIS DE VENDA
ISE - Comboios do Rossio
DIREITO – Metro “    “
V. BEIRÃO – “   “    “
ISA - Alcântara
M. POMBAL – “
ISCTE – Entrecampos
LETRAS -    “
MEDICINA - M. Pombal
ICBL -        “
P. MANUEL - T. Paço
P. NUNES -    “
AMÁLIA -   „
J. ÓBIDOS -   „
M. CASTRO -   “

Nº 542
Quem não luta pelo Pagamento Integral

CACÉM- 70%
IST - 68%
P. NUNES- 66,6%
A. RAVARO- 66%
COOPERATIVA - 60%
D.J. CASTRO – 60%
V. BEIRÃO - 42,8%
QUELUZ - 40%
A. DOMINGUES - 40%
CANDIDATOS - 20%

Nº 543
CACÉM - 70%
IST - 64%
COOP. - 64%
ISE - 56%
D.J. CASTRO - 40%
A. DOMING. - 40%
LETRAS - 38,3%
QUELUZ - 33,3%
CANDIDATOS - 20%

Quem luta pelo LUTA POPULAR


Sem comentários:

Enviar um comentário