Translate

segunda-feira, 1 de maio de 2017

1972-05-01 - VIVA O 1º DE MAIO - Comités Operários - O Grito do Povo

VIVA O 1º DE MAIO

O 1o de Maio começou a ter um significado de luta para os operários desde 1886. Nesse ano, a organização dos operários dos Estados-Unidos convoca greves e manifestações pela redução da jornada de trabalho, para o dia 1o de Maio, sob o lema:
“Nenhum operário deve trabalhar mais de 8 horas por dia: 8 horas de trabalho, 8 horas de descanso, 8 horas de educação". Principalmente em Chicago, estas palavras de ordem foram largamente seguidas pela classe operária que desde Fevereiro se agitava, concentran­do-se em Maio aos milhares e impondo à polícia duros combates.
No dia 17 de Maio desse ano, em Chicago, 4 dirigentes operários são enforcados pelos assassinos do capital americano.
Em 1889, num congresso operário internacional, em que esteve presente o grande guia do proletariado mundial F. ENGELS, companheiro íntimo de luta de K. MARX, decidiu-se:
"Será organizada uma grande manifestação internacional em data fixa, de forma que, ao mesmo tempo, em todos os países e cidades, os trabalhadores exijam a jornada de 8 horas".
O dia marcado foi o 1o de Maio. Desde essa data, que em todo o mundo, o primeiro de Maio está ligado a grandes lutas, greves, manifestações da classe operária contra a exploração capitalista.
Nesse dia muitos têm tombado em combate, mas muitos também, a enorme legião dos produtores, se tem temperado, unido e educado, para o triunfo final dos trabalhadores do mundo inteiro!

VIVA O DIA DOS TRABALHADORES!
CONTRA A EXPLORAÇÃO
PELA REVOLUÇÃO

Sem comentários:

Enviar um comentário