domingo, 7 de maio de 2017

1972-05-00 - UNAMO-NOS PARA COMBATER O INIMIGO DO POVO! - MRPP

     UNAMO-NOS PARA COMBATER O INIMIGO DO POVO!

   AO PROLETARIADO DA REGIÃO DE VILA FRANCA, ÀS MULHER, À JUVENTUDE; AOS ESTUDANTES.
      A TODOS OS EXPLORADOS

    “Na história da humanidade, toda a força reaccionária no limiar da morte, lança-se invariavelmente e numa última e desesperante luta contra as forças revolucionarias, muitas vezes certos revolucionários deixam-se temporariamente enganar por esse fenómeno de força aparente, dissimulador de uma fraqueza interior, não vendo o facto essencial que consiste em que o inimigo está próximo do fim, enquanto eles estão próximos da vitória.”
       Mao Tsé Tung

Sobre a classe operaria e o Povo abate-se neste momento uma furiosa vaga de repressão e terror, intensifica-se a exploração e opressão nas fábricas, aumenta o custo de vida dia a dia, perpetua-se a criminosa guerra colonial-imperialista contra as justas lutas e libertação dos heróicos Povos irmãos de Angola, Moçambique Guiné.
E ISTO QUE A CAMARILHA MARCELISTA TEM PARA DAR À CLASSE OPERÁRIA, AO POVO E AOS POVOS IRMÃOS DAS COLÓNIAS.
Mas a camarilha marcelista está atolada, caminha para o seu fim, procura desesperadamente travar a roda da história, afogando o Povo no sangue perdido na guerra colonial e das criminosas torturas que os carrascos submetem os melhores filhos do Povo.
Mas a violência reaccionária dos exploradores e da camarilha marcelista, o seu terror e a sua opressão, alimenta e cria, a violência revolucionária libertadora, onde ela acabará afogada no sangue derramado pelos Povos.
QUE O POVO SE NÃO ILUDA
Com as aparentes mudanças da camarilha marcelista, com os seus discursos, com as visitas dos seus lacaios, com as suas promessas e as suas anunciadas reformas.
Tudo visa aumentar o roubo, explorar cada vez mais, continuar a repressão e o terror, aumentar a venda do nosso país aos estrangeiros, e continuar a utilizar o nosso Povo para sufocar os justos anseios dos Povos de Angola, Moçambique e Guiné à Independência Nacional e à LIBERDADE.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1977-06-00 - ER Boletim Nº 01

O QUE É E PARA QUE SERVE ESTE   BOLETIM Os militantes sem partido da Unidade Popular são um largo conjunto de militantes revolucioná...

Arquivo