Translate

sexta-feira, 24 de março de 2017

1977-03-24 - OS TRABALHADORES DOS C.T.T SÓ VERÃO OS SEUS PROBLEMAS RESOLVIDOS COM UMA SOLUÇÃO OPERARIA PARA A CRISE - PCTP/MRPP

Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses (PCTP/MRPP)

OS TRABALHADORES DOS C.T.T SÓ VERÃO OS SEUS PROBLEMAS RESOLVIDOS COM UMA SOLUÇÃO OPERARIA PARA A CRISE

Ninguem neste País poderá negar a situação de crise que o capitalismo atravessa. A crise em geral, atinge praticamente todos os sectores e reflecte-se no sistema monetário e financeiro. As suas consequências caem sobre o Povo - é subida galopante ao custo de vida, o aumento do desemprego e agravamento generalizado da fome e da miséria para todos os trabalhadores.
O Povo trabalhador interroga-se e começa a perguntar. O que vamos comer? Como vamos viver? Se o País está em crise quem são os culpados, serão os trabalhadores que toda a vida foram obrigados a trabalhar para sobreviverem?
De Norte a Sul ao País o Povo levantasse contra a política ao actual Governo Constitucional dito socialista do Dr. Soares, como aliás fez com os governos provisórios anteriores.
A única verdade que o governo nos diz é que que “estamos em crise ». Isso o Povo há muito que sabe. Uma crise profunda que cada vez se agrava mais.
Face a esta situação, só há duas soluções camaradas. Uma a solução da burguesia e do seu governo constitucional, ou seja dos monopólios e dos latifundiários, a de fascistas e social-fascistas, ou seja a solução de continuar a agravar a situação da fome e miséria para o Povo, a de continuar a decretar o aumento da exploração e da opressão sobre o Povo trabalhador, exigindo que que trabalhe mais e coma menos, a exemplo do que fizeram todos os seus comparsas dos governos anteriores, desde os de Palma Carlos, Spinolas e Vascos Gonçalves ao do Soares, que nada mais fizeram ao que tentar extorquir ao povo os seus magros recursos através dos “dias de trabalho para a Nação”, das “horas de salário para a nação", e das “batalhas de produção”. O Povo perde as ilusões acerca da "democracia e do socialismo” de que tem falado todos os governos e todos os partidos da burguesia reaccionária desde o CDS ao PCP passando pelo PPD/PSD, porque os mesmos nunca trouxeram nada de bom  para o povo a não ser o de o mergulhar cada vez mais no DESEMPREGO, na MISÉRIA, na FOME, na DOENÇA e na MORTE criminosa, porque todos eles apregoam o “socialismo", quando afinal abriram as portas da nossa Pátria ao saque e a rapina, tanto por parte do imperialistas americano, como do imperialismo europeu e ao social-imperialismo revisionista soviético.
Quanto à verdade ou mentira desta situação os trabalhadores dos CTT, que o digam! - Quando o valor dos nossos salários já baixou mais de 40%, depois do último acordo salarial! É o nosso ACT que quando for assinado estará completamente desactualizado e pelo qual esperam os trabalhadores há mais de um ano! São os retroactivos que nos devem! É a semana das 40 horas, a maior conquista dos trabalhadores dos CTT alcançada após o 25 de Abril e a reaccionária Administração dos CTT e seu governo nos tenta retirar!
É eles nos chamarem calões e que comemos muito! 
Será com o "cabaz da fome" que vamos resolver os nossos problemas, onde só incluem menos de metade daquilo que os trabalhadores necessitam para comer, apenas 40%! E nesses 40% nem sequer já incluem o vestir, o calçar e a renda da casa!... E mesmo quanto aqueles produtos que se dignaram “autorizar-nos" a poder comprar como mínimo indispensável para nos poderem continuar a esmolar todos os dias, tiveram ainda o cuidado de ter elevado a preços 2 e 3 vezes superiores ao que custaram na altura em que foram acordados os salários que agora temos! É o caso da batata que rapidamente subiu de 3$50 para 10$00! Como vêm esta é a solução da burguesia reaccionária para resolver a crise - MAIS EXPLORAÇÃO E OPRESSÃO - Então qual a outra solução para resolver a crise?
A outra solução é a da classe operária, a do nosso Partido, a do PCTP/MRPP. É o programa do PCTP/MRPP, o programa para varrer com todos os parasitas, o programa que não serve aos patrões, seus lacaios e seus governos.
O programa dos trabalhadores é o programa da luta, de unir-se e concentrar as suas forças, organizar a sua defesa e preparar o seu ataque.
Os trabalhadores dos CTT, irão sem dúvida travar duras lutas. O ataque à semana das 40 horas no último sábado não nos deve desanimar - Perder uma batalha não significa perder uma guerra - mas antes pelo contrário devemo-nos preparar e organizar para os mais duros e violentos combates que se aproximam, devemos ver que a nossa luta tem agora um aspecto prolongado e temos que preparar um contra-ataque vitorioso. Mas, camaradas para tal é necessário que tenhamos bons comandantes, decididos, firmes e capazes de não vergar perante o inimigo. Camaradas, o Secretariado Nacional do SNTCT não nos pode servir de Comando para as lutas que se aproximam. O actual Secretariado já nos deu provas daquilo que é, foi o principal responsável pela derrota que tiveram os trabalhadores no último sábado. A sua hesitação a sua pactuação com o patrão, o seu papel de desmobilização dos trabalhadores são as razões principais da nossa derrota. Mas camaradas, os pescadores de águas turvas, como aqueles oportunistas que se encontram infiltrados em órgãos dirigentes do nosso Sindicato e que apenas se limitaram a criticar o Secretariado Nacional, mas nada fizeram para que os trabalhadores tivessem êxito na sua luta, também têm graves responsabilidades e de nada lhes vale virem agora chorar e preparar golpes porque os trabalhadores estão atentos.
Os trabalhadores conhecem bem quem são os seus defensores e os traidores da sua classe.
No contesto mais geral da luta de todo o Povo Português, onde nos integramos e tendo em vista a gravidade da situação em que vivemos e a necessidade de apontar claramente a solução proletária para a crise, a organização do PCTP/MRPP dos CTT na Região de Lisboa, conclama todos os trabalhadores dos CTT para O GRANDE COMÍCIO DE MASSAS, no dia 25 de MARÇO de 1977 - SEXTA-FEIRA, às 21 HORAS no PAVILHÃO DE DESPORTOS e sob a palavra de ordem - UMA SOLUÇÃO OPERÁRIA PARA A CRISE -.

TODOS AO COMÍCIO DE 25 DE MARÇO!
CONTRA AS MEDIDAS ANTI-POPULARES DO GOVERNO!
VIVA A SEMANA DAS 40 HORAS!
VIVA O POVO!
VIVA O PARTIDO COMUNISTA DOS TRABALHADORES PORTUGUESES!

Lisboa, 24 MAR 77.
A célula do PCTP/MRPP dos CTT

Sem comentários:

Enviar um comentário