Translate

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

1977-02-00 - PLANO DO COMITÉ LOCAL DO ALTO DO PINA - PCTP/MRPP

Plano e Tarefa Central

PLANO DO COMITÉ LOCAL DO ALTO DO PINA
(FEVEREIRO-MARÇO)

Revelou a todos os nossos camaradas a campanha "FUNDOS DO POVO PARA O JORNAL DA VERDADE" e os próximos 60 dias vão comprovar, as alterações e as novas mudanças em curso e no fim deste ano o nosso PARTIDO terá operado uma profunda transformação política, ideologia e organizativa se o nosso plano político da OFENSIVA for levado com êxito à prática das lutas e da REVOLUÇÃO.
Alguns camaradas dirigentes do nosso sector aprovam de cruz todos os planos, todos os objectivos traçados muitas vezes sem estarem dispostos a levarem esses planos à prática nem lutar até ao fim por alcançar os objectivos fixados, e necessário mudar essa atitude face ao trabalho do PARTIDO, às tarefas do PARTIDO e à vida do PARTIDO.
Trata-se de compreender a fundo os nossos objectivos, compreender e assimilar a essência do nosso plano, tarefa que tem de começar primeiro de que tudo, nos membros do COMITÉ LOCAL e passar aos camaradas das células e organizações do PARTIDO no sector, aos simpatizantes aos activistas e aos aderentes,

1. MOVIMENTO DE ADESÃO AO PARTIDO
O MOVIMENTO DE ADESÃO e a tarefa central da hora e do momento durante os meses de FEVEREIRO e MARÇO.
A fundação do PARTIDO COMUNISTA DO TRABALHADORES PORTUGUESES e a campanha "FUNDOS DO POVO PARA o JORNAL DA VERDADE” abriram condições favoráveis ao desenvolvimento do trabalho de adesão.
O MOVIMENTO DE ADESÃO no nosso sector deve ser uma gigantesca campanha de mobilização dos quadros simpatizantes e activistas.
O MOVIMENTO DE ADESÃO deve ser criado no calor das lutas desde as greves até às batalhas nos bairros contra o aumento do custo de vida contra as desocupações, nas denúncias da exploração e opressão.
Só assim poderemos atingir os objectivos.

PLANO DE ADESÕES PARA FEVEREIRO/MARÇO
Objectivo do sector 93 (noventa e três)
Anjos - 10
Arroios - 10
Alvalade - 2
Alto da Pina - 8
Charneca - 2
N. S. de Fátima - 10
Penha de França - 2
S. João - 10
S. João de Brito - 2
S. Sebastião - 6
Lumiar - 1
Ameixoeira - 1
C. Grande - 1
Socorro - 1
Metro - 10
C. SANTOS - 10
Geobra - 3
Gulbenkian - 2                                                                                                                                     
            A. Simões - 1
            B. Progel - 1

2. TRABALHO SINDICAL
Fazer do trabalho sindical o centro de gravidade do nosso trabalho entre as massas.
Consolidar os delegados sindicais.
Conquistar posições nos delegados sindicais, principalmente nos sindicatos operários.
Dar toda a atenção e ter participação activa nos contratos colectivos. Participar em todas as eleições sindicais.
Participar em toda a vida sindical.
Frequentar o sindicato.
Os secretários das células são os responsáveis pelo trabalho sindical.

3. IÇAR A BANDEIRA DAS 3 GRANDES EMPRESAS DO SECTOR
Objectivo de adesões nas 3 grandes empresas do sector do Alto do Pina:
23 Adesões
METRO - 10                          
G.SANTOS - 10
GEOBRA - 3
Lutar pela consolidação das células das seguintes empresas:
METRO                               
G.SANTOS
GULBENKEAN
PROGEL                              
A.SIMÕES
Lutar pela constituição de células nas seguintes empresas
GEOBRA
P. CANADÁ
TRANSPORTADORA LUSITANIA
MOGAR

4. TRAVAR A BATALHA PELO PAGAMENTO INTEGRAL LO JORNAL
Concentrar esforços numa distribuição e venda adequada dos 129 jornais diários que recebe actualmente o nosso sector.
DELEGAÇÃO LO ALTO DO PINA - 70     JORNAIS
DELEGAÇÃO DO REGO - 55  
DELEGAÇÃO DA CHARNECA - 5     
G. SANTOS -  6       
METRO - 12    
G.M.L - 1       
Persistir no grande espírito da CAMPANHA "FUNDOS DO POVO PARA o JORNAL LA VERDADE" cumprir o PLANO DE VENDA MILITANTE APROVADO EM REUNIÃO DO COMITÉ LOCAL de 20/12/76, e organizar regularmente a venda militante porta a porta.
Persistir com a BANCA semanal (sábado) no mercado de ARROIOS.
Promover o movimento de correspondentes em todas as fábricas, locais de trabalho e bairros.
Obter êxitos na campanha de assinantes.
Objectivo: CADA MILITANTE UM ASSINANTE.
ORGANIZAR a contabilidade real da venda diária exercendo control cuidado e semanal sobre o cumprimento desta medida - o preenchimento dos relatórios diários do LUTA POPULAR.
5. PROPAGANDA
Participar activamente duma forma intensa na vasta campanha de propaganda do PARTIDO.
Intensificar a propaganda das células de base do PARTIDO nas fábricas, nos locais de trabalho e nas Freguesias.
Realizar duas grandes campanhas de pinturas murais acerca do PARTIDO no nosso sector.
25 de FEVEREIRO; 18 de MARÇO
6. SABER APOIAR-SE NA MAIORIA DOS QUADROS
Edificar fortes organizações locais Consolidar o secretariado do comité local.
Consolidar o Comité Local.
o Secretariado do comité local assegura a direcção do comité no intervalo das reuniões do Comité Local e cuida da aplicação e control práticos das decisões das reuniões do Comité Local.
COMPOSIÇÃO DO SECRETARIADO DO COMITÉ
FONSECA - Sec. do Comité Local
RUI - Vice-Secretário do COMITÉ LOCAL,
SILVA Sec. da célula de freguesia dos Anjos
PEDRO - Sec. da célula da Delegação do Alto Pina
DIOGO - Sec. da célula de freguesia de N.S. de FÁTIMA
CARLA - Sec. da célula de freguesia de S. João
7. DELEGAÇÕES
UM VENTO NOVO NAS DELEGAÇÕES DO SECTOR
Delegação do Alto do Pina
Delegação do Rego
Delegação da Charneca
Um vento novo da conservação e manutenção das delegações.
o vento novo do asseio e da disciplina.
Realização de obras e conservação de todas elas.
Consolidação das comissões de sede, a sua vida, os seus planos e a sua divisão de tarefas.
Combater o lixo, o deixa andar, a propaganda ultrapassada, sujá mal colocada. Cuidar do cumprimento dos serviços da segurança e vigilância nas delegações.

COMITÉ LOCAL DO ALTO DO PINA

Sem comentários:

Enviar um comentário